Selecione a página

Araraquarense busca mais recordes no Chile

Antonio Carlos Orselli se prepara para o Campeonato Sul-Americano Máster de Natação


Carlos André de Souza

Colecionador de recordes, o nadador araraquarense Antonio Carlos Orselli, de 71 anos, se prepara para quebrar mais marcas históricas. Dessa vez, ele treina intensivamente para realizar uma boa participação no Campeonato Sul-Americano Máster de Natação, que será realizado a partir da próxima terça-feira, dia 26, em Santiago, no Chile.

A competição contará com 172 equipes de 10 países. Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Honduras, Peru, Uruguai e Venezuela mandarão 710 homens e 417 mulheres para a competição. O Brasil será representado por 143 homens e 60 mulheres, que defenderão 49 clubes.

A participação de Orselli terá início no dia 28, quando ele entrará na piscina para a prova dos 50 metros peito. O atleta, que será um dos 19 integrantes da seleção da UNAMI, disputará ainda os 100 metros peito, os 100 e 200 metros borboleta e os 200 metros medley, além dos revezamentos 4×50 livre e medley nos âmbitos masculino e misto.

Antes da competição no Chile, o araraquarense disputará um torneio que será realizado hoje, em Piracicaba, que contará com520 nadadores de 34 clubes. Até o fim do ano, ele disputará outra competição, mas já demonstra satisfação ao avaliar seu desempenho em 2013. “Foi um ano muito bom, com resultados muito além das expectativas. Foram vários recordes sul-americanos e outras marcas que não superamos por muito pouco” explica.

Orselli, que pelo segundo ano integra a categoria 70-74 anos, possui nada menos que 36 recordes sul-americanos e pretende ampliar seu currículo. Ele viajará ao Chile de olho no recorde dos 200 metros medley. “Fiz um treinamento mais focado nessa prova. A marca de 3.19.59 vem desde 12 de outubro de 2006 e pertence ao nadador Horst Kestner, da equipe Amaral Máster, de Curitiba”, revela o nadador.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade