Selecione a página

Alan Mineiro é desfalque para a decisão

Um dos destaques da Ferroviária na Série A2, meiocampista sente dores no joelho, é vetado pelo departamento médico e fica de fora do ‘jogo do acesso’

Carlos André de Souza

A Ferroviária tem um desfalque de peso para o jogo que pode confirmar o tão sonhado retorno à principal divisão do futebol paulista. Um dos destaques do time, o meia Alan Mineiro voltou a sentir dores no joelho e foi vetado pelo departamento médico com o intuito de realizar um tratamento com duração de duas semanas. Com isso, ele está fora das duas próximas rodadas, marcadas para amanhã, às 15 horas, contra o Guaratinguetá, e no dia 27, segunda-feira, contra o São Caetano, ambos fora de casa. Seu retorno só deve acontecer na última rodada, marcada para o dia 3 de maio, contra o Guarani na Fonte Luminosa.

Alan chegou a treinar com o grupo na manhã de ontem na Fonte, mas sentiu dores e sequer viajou com a delegação à tarde. O time já se encontra concentrado em Aparecida do Norte, cidade vizinha a Guaratinguetá, onde será realizado hoje o último treino antes da partida.

Artilheiro da equipe com oito gols na competição, o atleta de 27 anos explicou o veto. “Infelizmente venho sentindo essa lesão nas últimas três rodadas e tenho jogado à base de remédios. As dores se agravaram por conta do esforço que fiz nos últimos jogos e os remédios não estavam mais fazendo efeito. Para esse jogo, decidi, junto com o médico e comissão técnica, realizar esse tratamento que vai me tirar de campo por duas semanas. Tive que parar, mas confio em meus companheiros e tenho certeza de que eles vão voltar com o acesso”, explica.

O jogador lamentou a ausência, mas espera voltar com 100% de condições na última rodada. “Estou bastante triste, queria muito estar nesse jogo, que é o jogo mais importante dos últimos 20 anos para a Ferroviária. Mas não quero mais jogar no sacrifício e na última rodada estarei de volta”, assegura.

Assim como Roberto, Milton Júnior e Renan, Alan Mineiro é um dos remanescentes do ano passado, quando a Ferroviária chegou às últimas rodadas com chance de subir, feito que não foi concretizado. “No ano passado ficamos com um sentimento muito ruim por não ter conseguido o acesso. Fomos bem no começo mas depois não conseguimos o objetivo. Vi muitas pessoas tristes e quando voltei para a Ferroviária, queria dar essa alegria ao torcedor. No começo da temporada vimos no olho de cada um a vontade de vencer e dissemos que desse ano [o acesso] não passaria”, garantiu.

Além de Alan, quem também não viajou com o grupo foi o volante Milton Júnior, que lesionou o joelho no jogo de sábado, quando o time grená bateu o Novorizontino por 4 a 0 em Araraquara. Assim, a princípio, a Ferroviária deve ser escalada com Rodolfo, Paulo Henrique, Luan, Patrick e Roberto; Renato Xavier, Jairo e Danilo Sacramento; Elder Santana, Fio e Tiago Adan.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade