Select Page

A história se repete



Goleiro Gabriel Leite pega um pênalti, converte outro, e faz referência a Tadeu Carlos André de Souza O goleiro Gabriel Leite foi o herói da classificação da Ferroviária para a semifinal da Copa Paulista 2018. O dono da camisa 1 falou com emoção sobre o momento vivido na noite do último sábado na Fonte Luminosa. […]

A história se repete

Goleiro Gabriel Leite pega um pênalti, converte outro, e faz referência a Tadeu

Carlos André de Souza

O goleiro Gabriel Leite foi o herói da classificação da Ferroviária para a semifinal da Copa Paulista 2018. O dono da camisa 1 falou com emoção sobre o momento vivido na noite do último sábado na Fonte Luminosa. “Sabe aquele momento que faz muita coisa valer a pena? Fiquei muito tempo sem jogar e, para um jogador, quando vai chegando a idade é complicado. Vir para a Ferroviária foi um reinício na minha carreira. Tenho aprendido muito aqui e a gente passa por momentos de tanta luta, longe da família, com a filha nascendo, e é complicado. E são momentos como esse que fazem o futebol ser tão lindo. São momentos como esse que fazem a gente vir aqui todos os dias, fazer tantas coisas que ninguém vê. Muitas vezes fazemos 99 coisas certas e uma errada e somos julgados muito por essa coisa errada”, explicou.
A alegria é explicada pela dificuldade que cercou a classificação. Após empatar fora de casa no jogo de ida das quartas de final por 1 a 1 com o Novorizontino, a partida de volta na Fonte Luminosa parecia tomar um rumo mais tranquilo quando a Locomotiva abriu 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com dois gols de Léo Artur. Porém, a etapa complementar foi marcada pelo domínio do Novorizontino, que empatou o jogo com Elvinho e Nando. Na decisão por pênaltis, a Ferroviária chegou a desperdiçar uma cobrança com Vinícius, mas contou com o brilho do goleiro Gabriel Leite, que viu Reverson chutar para fora, defendeu a cobrança de Alisson e ainda marcou o gol que sacramentou a classificação afeana para a semifinal.
“Para um goleiro, fazer uma defesa de pênalti é espetacular, mas fazer um gol, principalmente um gol da classificação e sabendo como foi o jogo e tudo que o envolveu, foi um mix de emoções”, destacou o goleiro.
A façanha fez a torcida se lembrar do goleiro Tadeu, hoje no Oeste, que em março deste ano defendeu um pênalti e converteu uma cobrança em um jogo contra o Red Bull que terminou com a vitória afeana por 3 a 1 no Troféu do Interior. “O Tadeu me mandou uma mensagem e eu também mandei para ele. Ele estava acompanhando o jogo. O Tadeu não é apenas um colega, é um grande amigo, virou um irmão. Apesar de ser mais novo, ele me ensinou pra caramba aqui e essa questão de pegar pênalti eu consegui aprender um pouquinho com ele. Se um dia eu conseguir chegar perto do que o Tadeu foi para a Ferroviária, para mim já estará bom”, concluiu Gabriel Leite.
A Ferroviária enfrentará na semifinal o Red Bull, em jogos marcados para os dois próximos domingos. O vencedor enfrentará na final quem passar dos confrontos entre Votuporanguense e Atibaia.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos