Selecione a página

Venezuelanos recebem carteira de trabalho em Cuiabá

Ação do Ministério do Trabalho visa integrá-los ao mercado laboral brasileiro

Venezuelanos recebem carteira de trabalho em Cuiabá

O secretário de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho (SPPE), Igor Franco, participou nesta quarta-feira (25), em Cuiabá, do processo de emissão de carteiras de trabalho para imigrantes venezuelanos. Dos 60 estrangeiros que foram acolhidos pelo Centro de Pastoral para Migrantes da cidade,  44 estavam aptos para obter a carteira e 40  já têm com o documento em mãos. Eles também foram cadastrados no Sistema Nacional de Emprego (Sine).

“Nosso objetivo é tornar a situação desses estrangeiros mais digna, humana, evitando que eles passem por situações de vulnerabilidade no Brasil. Essa é uma demanda do Governo Federal para prestar apoio e manter a cordialidade com o país vizinho”, explica Franco.

O secretário ressalta que a emissão das carteiras é mais uma ação do Ministério do Trabalho para colaborar com as condições dos imigrantes nas cidades brasileiras por meio da inserção no mercado laboral. A pasta tem prestado atendimento constante em Roraima, estado que mais recebe imigrantes venezuelanos.

“No dia 17 de abril, promovemos ação semelhante para emissão de carteiras de trabalho em São Paulo, além do cadastro no Sine para possíveis oportunidades de emprego e renda”, concluiu Franco.

Desde o fim de março, 161 venezuelanos chegaram a São Paulo, vindos de Roraima, depois de um acordo firmado entre a Prefeitura de São Paulo, o Governo Federal e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). Novos grupos devem chegar nos próximos dias. Igor Franco lembra que a transferência foi necessária diante da “saturação” verificada em Boa Vista, onde os imigrantes estão abrigados em praças e alojamentos improvisados.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade