Selecione a página

Turismo terá mais de 200 mil de investimento Estadual

O recurso será investido em uma rotatória em frente ao Cear, além de drenagem e pavimentação na área.

Turismo terá mais de 200 mil de investimento Estadual

O prefeito Edinho Silva (PT) assinou na quarta-feira (2), na Secretaria Estadual de Turismo, em São Paulo, convênio no valor de R$ 207.090,20 para investir na implantação de uma rotatória na Rua Ivo Antonio Magnani, em frente ao Centro de Eventos de Araraquara e Região (Cear), além de drenagem e pavimentação naquela área. A verba faz parte de uma série de convênios firmados com o órgão estadual, que garantirão mais de R$ 1,5 milhão em investimentos no setor de turismo da região.

Desde maio de 2017, quando Araraquara obteve a classificação de Município de Interesse Turístico (MIT), através da gerência de turismo da secretaria municipal do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, a cidade passou a receber recursos do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR), ligada à secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, para investir exclusivamente no desenvolvimento do turismo local, em programas de melhoria e preservação ambiental, urbanização, serviços e equipamentos turísticos.

Para ser oficializada como Município de Interesse Turísticos, com outras 19 cidades paulistas, e garantir estes recursos do Governo do Estado, a atual administração teve que atender várias exigências previstas na Lei do MIT, entre elas possuir capacidade de atender a população fixa e flutuante com serviços de alimentação, hospedagem e informação turística, além de eficiência no abastecimento de água e coleta de resíduos sólidos. Também foi exigida a criação do Conselho Municipal de Turismo, aprovado pelo Legislativo.

O resultado foi que, ainda em 2017 o prefeito Edinho formalizou um convênio denominado “Sinalização Turística”, no valor de R$ 385.026,08, visando a instalação de 30 placas e dois pórticos distribuídos por toda a cidade.

Já em 2018, mais dois projetos de interesse turístico foram protocolados junto ao DADETUR. Um deles foi o “Sinalização Turística – 2ª fase” no valor de R$ 387.691,80, assinado no final de 2018, contemplando a instalação de 59 placas nas mais diversas regiões da cidade que demandam de sinalização e orientação turística.

Mais investimentos

Ainda segundo o prefeito Edinho, neste ano também deverão ser  implementadas placas e pórticos da terceira fase do projeto “Sinalização Turística”, cujo valor será de cerca de R$ 308 mil, contemplando os assentamentos Monte Alegre e Bela Vista, bem como o Distrito de Bueno de Andrada. Também com recursos da DADETUR, serão implantados ainda os chamados Pontos de Informações Turísticas (PITs) em diversos locais de referência, como o Paço Municipal, Casa da Cultura, shoppings centers, entre outros, com um custo de R$ 250 mil.

Os projetos já foram protocolados, junto ao departamento em dezembro do ano passado. No total, serão R$ 1.537.808,08 investidos no turismo regional do município.

Nos últimos anos, o turismo teve uma importante participação no Produto Interno Bruto (PIB) de São Paulo. O setor foi responsável por 10% de toda a arrecadação estadual e está trazendo cada vez mais oportunidades de renda para diversas atividades nas cidades classificados como MIT.

Em todo o Estado, são mais de 40 milhões de pessoas viajam dentro do território. Deste número, a grande maioria é composta pelos próprios paulistas, que se locomovem por conta de trabalho, lazer, estudo, entre tantos outros motivos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade