Selecione a página

Técnico da Ferroviária critica arbitragem

Técnico da Ferroviária critica arbitragem

Carlos André de Souza

O torcedor da Ferroviária que marcou presença no último sábado (15) no Estádio da Fonte Luminosa foi embora frustrado com o empate por 0 a 0 com o Cianorte-PR pelo jogo de ida do mata-mata de segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Quem também se frustrou com o resultado foi o técnico Vinícius Munhoz, que destacou o erro de arbitragem em um gol anulado aos 9 minutos do segundo tempo, quando o atacante Hygor recebeu no lado direito da área, tocou por cima do goleiro e o atacante Léo Castro completou para o fundo da rede. A torcida comemorou, mas o gol foi invalidado erroneamente por impedimento.

Ao ser perguntado se a Ferroviária poderia ter feito um resultado melhor no jogo de ida, o técnico Vinícius Munhoz aproveitou para criticar a decisão da arbitragem no lance. “Poderia ter feito um resultado melhor e fez. No nosso entendimento, não estava impedido. Acabamos de ver o lance e o Léo estava atrás da linha da bola quando fez o gol. Acabamos prejudicados naquele momento”, lamentou o treinador.

Munhoz, no entanto, reconheceu que faltou qualidade nas conclusões. “O jogo em si não foi diferente do que é a Série D. É uma competição dura, difícil, equilibrada. Temos comentado que o fato de não levar gols também é uma vantagem, especialmente pelo regulamento dessa fase. Vi mais uma vez um adversário difícil de ser batido, embora tenhamos um volume importante de finalizações. Tivemos 15 finalizações, sete delas no gol. Faltou, é verdade, um pouco de competência nossa para colocar a bola dentro do gol”, analisou.

O comandante afeano acredita que não tem nada decidido e que sua equipe tem condições de buscar a classificação fora de casa. “O confronto está em aberto. Jogamos apenas o primeiro tempo do confronto aqui e sabíamos que seria difícil decidir aqui, mas agora teremos o segundo tempo lá em Cianorte. Seguimos mobilizados, vamos pegar as informações que conseguimos desse primeiro confronto, estudar e ter uma semana boa de preparação para jogarmos o segundo tempo dessa decisão”, completou.

As duas equipes voltarão a se enfrentar no próximo domingo (23), às 16 horas, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR. Sem vantagem do empate para nenhuma das equipes, um novo empate levaria a decisão para os pênaltis. Quem passar desse mata-mata disputará as oitavas de final contra o vencedor dos confrontos entre Avenida-RS e Caxias-RS.Vale destacar que, para obter o acesso à Série C, as equipes precisam chegar à semifinal da competição.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade