Select Page

Rafael de Angeli busca ajuda para Associação São Pio manter suas atividades

Rafael de Angeli busca ajuda para Associação São Pio manter suas atividades

Há 11 anos auxiliando as pessoas em situação de rua, a Associação São Pio passa por dificuldades para continuar suas atividades. Para evitar que a entidade feche as portas, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) se reuniu com a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Eloisa Mortatti, na tarde da sexta-feira (18).

            Segundo relatou a fundadora da Associação, Magda Regina Gomes Leite, a entidade está totalmente legalizada e atende, atualmente, 41 homens, 12 mulheres, duas meninas e 17 internados. “São 72 pessoas. Estamos com pouco espaço para a quantidade de pessoas que atendemos. Contamos com R$ 6 mil por mês de recursos municipais e, temos o Bazar, que rende de R$ 3 mil a R$ 4 mil apenas. Não está sendo o suficiente, é impossível manter com o orçamento de cerca de R$ 10 mil por mês”, explicou.

            A coordenadora executiva da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Pereira Barbosa, lembrou que “a cada 15 dias, trazemos um comitê e realizamos uma reunião para otimização dos serviços de assistência das instituições que cuidam dos moradores de rua”. Ela também destacou que a entidade recebe a parte de hortifrúti do Banco de Alimentos.

“O que podemos fazer, já fazemos, mas não podemos passar recursos diretamente. Precisamos realizar chamamentos, nosso objetivo esse ano. Tudo que envolve repasse de recursos agora precisa ser via solicitação, com a transparência exigida pela lei. As entidades precisam preencher diversos requisitos. Os recursos são analisados e divididos entre os segmentos das instituições”, completou Jacqueline.

Magda enfatizou que “temos que comprar mistura, são consumidos mais de 15 quilos de arroz por dia, e a procura só aumenta, não posso fechar as portas, porém não conseguimos abrir mais vagas”.

A secretária da pasta orientou a fundadora para “atender a quantidade que a entidade suporta. Quando a entidade for procurada, explique que não há vagas e redirecione para a Casa Transitória. Na próxima semana, conversaremos com a gestoras da Casa Transitória para entender quantas pessoas elas podem absorver e vermos o que pode ser feito inicialmente para amenizar o problema”. Já a coordenadora garantiu que “vamos analisar essa demanda e buscar uma solução para os problemas enfrentados pela Associação. Uma opção seria a instituição se tornar uma comunidade terapêutica para conseguir outros recursos”.

Para Angeli, “é fundamental que a entidade tenha ajuda para a manutenção do trabalho que realiza, auxiliando pessoas em situação de rua que não têm a quem recorrer. A Associação desafoga o município e precisa receber a devida atenção”.

Também participou do encontro o presidente da Associação São Pio, padre André Luiz dos Santos.

Sobre a entidade

Fundada em 7 de maio de 2017, a Associação São Pio está localizada na Avenida Benito Barbieri, nº 1.215, na Vila Harmonia. Para conhecer mais o trabalho, entre em contato pelo telefone (16) 3332-9400.

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos