Select Page

Prefeitura inicia segunda etapa da drenagem no Maria Luiza



A falta de galerias pluviais no bairro é um problema que está sendo corrigindo por etapas e com recursos próprios

Prefeitura inicia segunda etapa  da drenagem no Maria Luiza

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, começou no início de abril a segunda etapa da drenagem de águas pluviais no bairro Maria Luiza, na zona norte de Araraquara, com escavação da lagoa de detenção.

A função principal da lagoa é captar o escoamento de águas pluviais, via galerias, da parte alta dos bairros Maria Luiza e Cidade Jardim, e direcioná-lo com menor impacto à tubulação mestra na parte baixa do Maria Luiza, e em sequência até o córrego do Cupim.

A lagoa também permitirá que as águas pluviais alcancem, por meio da permeabilidade do solo, o lençol freático com mais facilidade.

Segundo a secretária municipal de Obras e Serviços Públicos, Anna Padilha, o bairro Maria Luiza é do início da década de 1990, quando não se exigia a infraestrutura para aprovação de loteamentos.

“A falta de galerias pluviais no Maria Luiza é um problema que estamos corrigindo por etapas e com recursos próprios”, afirma.

Primeira etapa

A primeira etapa, na parte alta do Maria Luiza, foi cumprida com a instalação da rede mestra de tubos de 1000 mm, no trecho da Avenida Januário de Freitas, entres as ruas Orlando Schitini e Sargento PM Vital Maria Bueno Lopes, e a construção e 18 bocas de lobo. Também foram edificadas caixas de passagem e cinco poços de visitas.

Os serviços foram completados com tubulação de interligação no trecho da Orlando Schitini, entre as avenidas Januário de Freitas e Fúlvio Gaspar Brunelli, e mais caixas de passagens e bocas de lobo nas confluências das avenidas Doutor José Augusto de Arruda Botelho, Ariano Penteado Simões e Cláudio do Amaral.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos