Selecione a página

Prefeitura apresenta à Câmara projeto de “bolsa família” que pode chegar a R$ 642

Sessão da Câmara foi marcada por falas de vereadores tucanos cobrando mais ações da prefeitura contra a dengue

Prefeitura apresenta à Câmara projeto de “bolsa família” que pode chegar a R$ 642

Adriel Manente

Poderá ser votado pela Câmara Municipal o projeto de lei 148/2019. A PL, idealizada pela prefeitura municipal, visa instituir uma bolsa auxílio denominada “bolsa cidadania” para as chamadas pessoas com condições de vulnerabilidade em Araraquara. Auxílio esse que pode chegar a R$ 642,00. Só para se ter uma ideia, em termos de comparação com o bolsa família, a PL representa um aumento de quase 100% ao que é pago pelo governo federal, cujo o teto é pouco mais de R$ 370,00.
A medida porém não foi colocada para votação na sessão dessa terça-feira (16). Para aprovação desse projeto de lei, a medida passará por audiência pública na casa de leis. Só aí então, o PL irá para a apreciação dos vereadores, para aprovação ou não.

Sessão da Câmara
A 104ª sessão do plenário da Câmara Municipal foi tranquila. Primeiro, tivemos a tribuna popular. A primeira a falar foi a gerente de Saúde Mental de Araraquara, Gislaine de Cássia Oliveira Martins, que discursou um pouco sobre o projeto de lei Janeiro Branco, idealizado pelo vereador Rafael de Angeli (PSDB), que trata justamente sobre o tema.

Depois, foi a vez da assessora do Partido dos Trabalhadores e professora Amanda Vizoná falar. Ela foi inscrita para sair em defesa do vereador Toninho do Mel (PT), que foi atacado na última semana por sua fala na sessão da semana passada. Acompanhada de militantes jovens do PT, o discurso de Amanda foi carregado de aplausos e frases de efeito. “Toninho representa uma parcela importante de Araraquara, representa o povo, o negro. O negro não está na senzala, está na Câmara”, disse a assessora petista, levando a “plateia” à loucura.

Exoneração de Boi

Durante o pequeno expediente, o presidente da Câmara, vereador Tenente Santana (MDB), falou a respeito da demissão de Boi. “Foi uma decisão constitucional, mas o MP julgou que a nomeação feria a moralidade e a impessoalidade. O que é extremamente subjetivo. Mas nós decidimos acatar a recomendação da diretoria e dar um ponto final nesse assunto”, explicou o presidente.

Teimosia

Logo após o Tenente Santana, como se fosse combinado, foi a vez do vereador Dr. Elton Negrini (PSDB) falar. Como se fosse combinado, pois o vereador tucano era o principal interessado no processo, já que ele foi o grande responsável pela representação apresentada ao MP. Em seu discurso, o delegado parabenizou a decisão de exonerar Aluísio Braz, ainda que tardia, do líder da Câmara. “Eu o parabenizo. Embora constitucional como o senhor disse, ela [ a decisão] feria princípios da moralidade. O senhor, teimoso como um bom policial, demorou, mas cumpriu a decisão”, disse o vereador.

Outros problemas

Em seu pequeno expediente, Dr. Elton lembrou ainda de dois problemas, considerados graves na administração do município. O primeiro quanto ao PS do Melhado. “Eu alertei a respeito dessa empresa contratada, mas ninguém deu ouvido. Agora está parado e pagando mais de R$ 13 mil para segurança do prédio. Assim como são pagos mais de R$ 13 mil também no prédio da Nova Moto. Então, é um gasto tremendo com dinheiro público”, lembrou.
Por fim, Negrini relatou que está com dengue, lembrou sobre a pressão que a Prefeitura vem sofrendo do MP para agilizar no processo de digitação dos casos, falou em Araraquara com mais de 50 mil casos e se despediu dos colegas no plenário.

Teatro apurado
Por fim, o vereador Rafael de Angeli também comentou sobre a dengue e rebateu Thainara, que havia falado sobre “teatro” na última sessão. Para isso, dessa vez, De Angeli trouxe uma miniatura do Oscar, principal premiação do cinema mundial, e ofereceu a estatueta para a dengue na cidade.

Votações

Única votação de relevância no dia, houve a instituição de gratificação também de funcionários do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) no combate a dengue. Na semana passada, foram incluídas bonificações para a Guarda Municipal no auxílio do combate à dengue e dessa vez, os funcionários do Daae também foram lembrados.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade