Select Page

PPA prevê investimentos na Casa da Cultura

PPA prevê investimentos na Casa da Cultura

Um dos principais espaços de manifestação artística de Araraquara e palco de acontecimentos históricos, como a palestra de Jean-Paul Sartre, há 58 anos, o prédio centenário da Casa da Cultura Luís Antonio Martinez Corrêa vem recebendo a atenção da Secretaria Municipal de Cultura.

A informação é da secretária Teresa Telarolli. Ela aguarda o resultado final da avaliação de um projeto que já foi pré-habilitado pelo Fundo de Interesses Difusos (FID) do governo estadual. Segundo Teresa, o resultado poderá garantir os recursos necessários para as obras de restauração completa do imóvel, estimadas em R$ 2 milhões.

A secretária confirmou ainda o envio de proposta de reforma do local para o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT), em maio de 2018. Desde então, a documentação segue tramitando e a Secretaria aguarda o laudo do órgão. O prédio da Casa da Cultura foi tombado pelo CONDEPHAAT em 1988.

Além destas iniciativas, Teresa lembra que o Plano Plurianual (PPA) aprovado no ano passado prevê investimentos para reforma da Casa da Cultura a partir de 2019: são R$ 200 mil para o ano que vem e mais R$ 200 mil em 2020.

“São valores capazes de controlar e sanar parte dos danos sofridos, mas ainda assim dependeremos de recursos externos para atingirmos o ideal”, salienta a Secretária de Cultura, mencionando os projetos que estão sendo avaliados pelo FID e pelo CONDEPHAAT.

Ela ressalta que desde 2017 a Secretaria está realizando pequenas obras de manutenção no local, visando a contenção do avanço da deterioração do prédio e seus acervos.  Desta forma, foi realizada a descupinização e desinsetização anual, a troca das molduras do acervo da Pinacoteca – centenas delas já destruídas pela infestação de cupins, além de ações de manutenção preventiva, de forma que atualmente o acervo encontra-se protegido e preservado.

Neste ano também estão sendo substituídas e repostas todas as lâmpadas que se encontravam queimadas, aumentando a segurança do local e de seus usuários.

“A Secretaria vem investindo no abastecimento de materiais específicos de recuperação e pequenos restauros de acervos históricos, assim como em atividades de qualificação das equipes de servidores envolvidos. Isso está sendo feito desde o início desta administração, no ano passado”, ressalta Teresa.

O prédio da Casa da Cultura foi construído em 1914, pelo arquiteto e engenheiro Alexandre de Albuquerque Machado. Ao longo dos primeiros 20 anos, abrigou a Araraquara College e a Escola Mackenzie de Araraquara. Em 1933, o prédio foi cedido ao Governo do Estado de São Paulo para a instalação do Ginásio Estadual de Araraquara e depois o tradicional Instituto de Educação Bento de Abreu. Também foi ocupado pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araraquara, na década de 60, época em que recebeu Sartre e comitiva.

Hoje, o prédio abriga a Pinacoteca Municipal, o Arquivo Histórico, o Museu da Imagem e Som (MIS) e o recém-inaugurado Memorial Luís Antônio.

Investimentos da Cultura

Entre os investimentos realizados pela atual gestão nos equipamentos de cultura de Araraquara, Teresa Telarolli aponta também a substituição e recarga dos extintores de incêndio (110) de todos os espaços da Secretaria de Cultura.

Também foi entregue recentemente a reforma do Palacete das Rosas, com substituição e reforço do madeiramento do forro e telhado, que estavam seriamente danificados, substituição das calhas, troca telhas inservíveis e conserto do telhado como um todo. Ainda foi feito reparo em áreas de alvenaria comprometidas e pintura interna e externa; esta última, ainda em andamento. De acordo com a secretária, parte da obra foi realizada por meio de uma outorga onerosa e todo o resto com recursos próprios da Prefeitura.

Por fim, Teresa destaca as obras no Teatro Municipal, em andamento, estimadas em cerca de R$ 2 milhões, feitas com recursos próprios.

“A expectativa é de nos próximos meses possamos entregar o Teatro Municipal, um dos principais símbolos culturais de Araraquara, totalmente reformado e modernizado”, conclui a secretária Teresa Telarolli.

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos