Selecione a página

Possível cassação do mandato do vereador Zé Macaco deve ser arquivada

Comissão de ética da Câmara apurou denúncia contra o vereador do PPS

Possível cassação do mandato do  vereador Zé Macaco deve ser arquivada

Os vereadores que compõem o Conselho de Ética da Câmara Municipal que apura possíveis irregularidades praticadas pelo vereador Zé Luiz (Macaco), do PPS, apresentaram o relatório das investigações na manhã dessa terça-feira (29). Zé Luiz está sendo investigado pela acusação de ter intermediado um pedido de uso de uma tenda e algumas cadeiras, que teriam sido levadas por um veículo destinado ao transporte de medicamentos do município, para uma festa particular, no dia 26 de julho deste ano. Consta também que, desde o início do ano, macaco foi responsável por mais de 100 pedidos para o setor de transporte da Prefeitura de Araraquara, sendo que a maioria dos protocolos corresponde à solicitação de transporte para atender times do futebol amador da cidade.

Em sua defesa, o vereador alega que o pedido teria sido apresentado como um evento comunitário, em uma residência no Jardim Cruzeiro do Sul.

Depois da denúncia, Zé Luiz passou pelo Conselho de Ética da Câmara que é formado pelos vereadores José Carlos Porsani (PSDB), Pastor Raimundo Bezerra (PRB), Delegado Elton Negrini (PSDB), Cabo Magal Verri (MDB) e por ele próprio que, neste caso, foi substituído por Edson Hel (PPS).

De acordo com o relatório, apenas Porsani e Negrini votaram pela cassação do companheiro de Câmara, já os outros três vereadores optaram pelo arquivamento do processo.

O vereador Porsani ressaltou que, até a quinta-feira (31), os três vereadores devem explicar através do relatório, os motivos que os levaram ao pedido de arquivamento.

Depois de encerrados os tramites da Comissão de Ética, toda a documentação levantada será entregue ao Ministério Público, que já vem acompanhando o caso.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade