Select Page

Por 12 a 6, Tenente Santana é eleito presidente da Câmara



Com militarismo em alta, nova mesa da Casa de Leis terá os Mdbistas e ex-militares, Tenente Santana e Cabo Magal, além do petista Edio Lopes como vice

Suze Timpani

A eleição para o biênio 2019 e 2020 aconteceu de forma tranquila na sessão da Câmara dessa terça-feira (4). Por 12 votos a 6, Tenente Santana (MDB) garantiu a vitória sobre José Carlos Porsani (PSDB). Edio Lopes (PT), que colocou seu nome para concorrer à vice-presidência aos 45 minutos do segundo tempo, foi eleito por 10 a 8 sobre o vereador Zé Luiz Macaco (PPS). Compondo a mesa Lucas Grecco (PSB) ficou com o cargo de primeiro secretário e Cabo Magal Verri (MDB) como segundo secretário.

Tenente Santana disputou a presidência com José Carlos Porsani

 

 

Articulações

A princípio houve uma articulação nos bastidores entre PT e PP para que Roger Mendes (PP) também concorresse à presidência, porém, não prosperou. Paulo Landim (PT) dizia que “essa eleição era samba de crioulo doido”, inclusive, fazendo referência à eleição de 1985 que colocou Tadeu Alves na presidência, com articulações feitas no banheiro, tirando o favorito Omar de Souza e Silva (Mazinho), do páreo.

Sem palavra

Para o presidente do MDB Aluísio Braz, o Boi, seu partido saiu fortalecido, mas ele disse que ficou sentido com o atual presidente Jeferson Yashuda (PSDB). “Aprendi na política que devemos honrar a palavra, lá atrás apoiamos ele para presidente e ele acordou que apoiaria Santana nessa. Faltou com a palavra”, reclamou Boi.

Oposição ferrenha

Porsani afirmou que, após essa eleição o PSDB será oposição ferrenha ao governo. “O Executivo ajudou nessa eleição, mas não tem problema. Nesses dois anos eu sempre fui leal aos meus companheiros. Eu não tenho mais idade pra ficar triste. O Tenente Santana pode acreditar que terá um grande companheiro do seu lado. Essa Casa necessita de mais e vamos fazer a diferença. Esse negócio de vereador andar tapando buraco e fazendo lombada não é nosso trabalho e, sim, obrigação da prefeitura”, resumiu Porsani.

Edio Lopes foi eleito vice-presidente da Casa

Partido dividido

“A bancada rachou em dois para cada lado e eu fui convidado aos 45 minutos do segundo tempo. Como vice-presidente a gente tem que sentar juntos e construir uma proposta coletivamente para atender os desejos da população. Temos um grande desafio pela frente. Agradeço aos que votaram em mim e respeito a opinião de quem votou no outro candidato”, ressaltou Edio.

Grecco é o novo primeiro secretário

 

 

Cabo Magal Verri será o segundo secretário

Como votaram os vereadores para a presidência da Câmara:

 

Tenente Santana (MDB):                Porsani (PSDB):

Toninho do Mel (PT)                         Edio Lopes (PT)

Elias Chediek (MDB)                        Edson Hel (PPS)

Cabo Magal Verri (MDB)                 Elton Negrini (PSDB)

Gérson da Farmácia (MDB)              Jéferson Yashuda (PSDB)

Zé Macaco (PPS)                              José Carlos Porsani (PSDB)

Juliana Damus (PP)                          Rafael de Angeli (PSDB)

Lucas Grecco (PSB)

Tenente Santana (MDB)

Paulo Landim (PT)

Pastor Raimundo (PRB)

Roger Mendes (PP)

Thainara Faria (PT)

 Foto: José Augusto Chrispim

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos