Selecione a página

Orçamento de 2019 foi entregue na Câmara Municipal

Orçamento de 2019 foi entregue na Câmara Municipal

Vereadores terão 30 dias para apresentar emendas

Na noite desta sexta-feira (28), o prefeito Edinho Silva (PT) entregou o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019 à Câmara dos Vereadores,atendendo à determinação da Constituição Federal e da Lei Orgânica do Município. A partir de agora, os vereadores terão 30 dias para apresentar emendas, desde que em consonância com o que está previsto no Plano Plurianual (PPA) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

“Caberá agora aos presidentes das comissões responsáveis da Câmara Municipal elaborar o calendário das audiências publicas para que as secretarias possam esclarecer e pontuar melhor onde esperam investir os recursos arrecadados”, explicou o presidente da Câmara, Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB), que ainda destacou o comprometimento dos vereadores na análise e na condução desse processo.

Lembrando que os parlamentares terão até o dia 30 de dezembro para votarem o projeto de lei. Acompanharam o ato de entrega do orçamento os vereadores: José Carlos Porsani (PSDB), Paulo Landim (PT), Rafael de Angeli (PSDB), Roger Mendes (Progressistas), Thainara Faria (PT) e Zé Luiz (Zé Macaco – PPS).

Orçamento democrático

Para o próximo ano, a receita prevista do Município é de aproximadamente R$ 886 milhões, um aumento de cerca de 5% em relação a 2018. “Diante da situação econômica do Município e do País, foi um esforço imenso dos servidores da Prefeitura equilibrar receitas e despesas”, frisou o prefeito. Do montante total, aproximadamente R$ 10.850 milhões serão destinados a 18 investimentos definidos pelo Orçamento Participativo, com destaque para os setores da Educação, Saúde e Obras Públicas.

A secretária municipal de Planejamento e Participação Popular, Maria José Scárdua, ressaltou justamente a forma como foi construída a peça orçamentária, com a participação de mais de 5 mil pessoas que, de forma democrática, definiram as obras e os programas prioritários para o próximo ano. “Este documento simboliza a solidariedade dos bairros, das ruas, dos vizinhos”, pontuou.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade