Select Page

Garapão causa mortandade de peixes no Rio Jacaré Pepira



Sitiante recolheu vários peixes mortos às margens do rio, no interior de sua propriedade nessa terça-feira (10)

Garapão causa mortandade de  peixes no Rio Jacaré Pepira

Da redação

Um grave impacto ambiental pode estar ocorrendo no Rio Jacaré Pepira, na região do Distrito de Guarapiranga que pertence a Ribeirão Bonito. Um sitiante da região recolheu vários peixes mortos nessa terça-feira (10).

Nessa segunda-feira (9), o empresário Fabio Justo que é morador de Araraquara foi até o sítio de seu tio, José Rubens Fernandes, localizado no distrito de Guarapiranga, para pescar no Rio Jacaré Pepira que passa pela propriedade e, ao chegar próximo do rio, achou estranho o cheiro forte de garapão de cana que vinha da água e resolveu não pescar.
Ontem (10), o proprietário do sítio, José Rubens, foi ao local e notou que o cheiro estava ainda mais forte. O sitiante foi até o leito do rio para verificar o que estaria acontecendo e acabou encontrando um grande número de peixes mortos no leito do rio. Havia tantos peixes mortos que foi necessário fazer a retirada com uma rede e carregar em uma carriola.
Não é de hoje que moradores de Guarapiranga vêm reclamando de mau cheiro na cidade, mas até agora nenhuma medida foi tomada pelas autoridades. A mortandade de peixes é considerada crime ambiental e deve ser fiscalizada pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e pelo Ministério Público da cidade.
A vinhaça, popularmente conhecida como garapão, é um resíduo pastoso e malcheiroso da cana-de açúcar que ao entrar em contato com a água mata os peixes, segundo pesquisas. Essa prática é considerada crime ambiental.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos