Select Page

Estádio do Botânico completa uma década

Estádio do Botânico completa uma década

Estádio municipal foi inaugurado há dez anos e supriu a ausência da Fonte Luminosa, que passava pela remodelação

O Estádio Municipal Dr. Cândido de Barros, também conhecido como Estádio do Botânico por ser localizado no bairro de mesmo nome, completou ontem dez anos de sua inauguração. No dia 20 de setembro de 2008, o estádio foi inaugurado com um clássico Bota-Ferro pela Copa Paulista.

História do estádio
Estádio Municipal Dr. Cândido de Barros era o nome do antigo estádio que hoje pertence ao Clube Araraquarense, no Centro. Cândido de Barros foi advogado, jornalista e fundador da Liga Araraquarense de Futebol (LAF) em 1942. Foi também advogado da Prefeitura de Araraquara e chegou a tomar posse como prefeito nomeado em 1947. Ele se aposentou em 1963, mas continuou atuando como advogado. Morreu em 1993. O nome de Cândido de Barros foi dado ao estádio em 1994, por meio de projeto de lei do então vereador Omar de Souza e Silva, o Mazinho. Antes, o estádio era denominado Siqueira Campos, mas a população sempre se referiu a ele simplesmente como Estádio Municipal.
A construção do Estádio Municipal no Jardim Botânico foi fruto das negociações entre a Prefeitura Municipal, na época sob o mandato de Edinho Silva, e o Clube Araraquarense, que resultou na permuta da antiga sede do Clube, o Palacete Esplanada das Rosas, onde hoje funciona a Secretaria de Cultura e Fundart, com o antigo Estádio Municipal. Além da sede, a prefeitura recebeu R$ 3 milhões utilizados para a aquisição do estádio da Fonte Luminosa e para a construção do novo Estádio Municipal, no Jardim Botânico.
O Estádio do Botânico foi inaugurado em 2008. Na ocasião, José Alberto Gonçalves Gaeta, ex-presidente da Câmara Municipal falecido no início daquele ano, foi homenageado com uma placa no estádio, pois foi o principal defensor da construção da praça esportiva no Jardim Botânico. Andréia Rosa, ex-jogadora da Ferroviária e que hoje atua no futebol da Noruega, também foi homenageada com uma placa no estádio, pois havia acabado de conquistar a medalha de prata nas Olimpíadas de Pequim com a camisa da Seleção Brasileira de Futebol Feminino.
Com capacidade para 4.156 pessoas, o novo estádio foi palco dos jogos da Ferroviária na Copa Paulista de 2008 (quando foi eliminada na segunda fase), Copa São Paulo de Juniores de 2009 (eliminada na primeira fase) e também na Série A2 de 2009 (quando a equipe amargou o rebaixamento para a Série A3). A Locomotiva utilizou o espaço enquanto o Estádio da Fonte Luminosa passava pela reformulação.
Com a inauguração da nova arena da Fonte Luminosa em outubro de 2009, a equipe principal afeana deixou de atuar no local, que continua recebendo, até hoje, jogos das categorias de base, futebol feminino e futebol amador.

O jogo de inauguração
Naquele sábado, 20 de setembro de 2008, o estádio foi inaugurado com o jogo entre Ferroviária e Botafogo de Ribeirão Preto pela 12ª rodada da Copa Federação Paulista de Futebol (atual Copa Paulista). Com os ingressos vendidos a R$ 8 (meia-entrada a R$ 4), um público de 3.092 pessoas ocupou as arquibancadas, que foram feitas com as madeiras reaproveitadas das arquibancadas cobertas da antiga Fonte Luminosa. O jogo, aliás, ostenta o recorde de público até hoje do estádio.
Após um show de fogos, discurso de autoridades e homenagens, a partida teve início às 18 horas, com a arbitragem comandada por Luiz Flávio de Oliveira. Mas a Ferroviária não correspondeu com o resultado dentro de campo e acabou derrotada por 2 a 1.
O primeiro gol do Estádio do Botânico foi marcado por Fabinho, do Botafogo, aos 18 minutos do primeiro tempo. Laertinho fez o primeiro gol da Ferroviária no estádio aos 32 minutos de jogo, mas Pereira, aos 24 do segundo tempo, ampliou para o time de Ribeirão Preto e deu números finais ao confronto.
A Ferroviária, na época orientada pelo técnico Édison Só, atuou com Guilherme, Carlinhos Capixaba, André (Dióghenes), Anderson Carvalho e Dudu; Thiago Costa, Reinaldo, Laertinho e Jonas; Fabinho e Robinson (Wellington).
Pelo lado do Botafogo, estava em campo o zagueiro Elton, que hoje integra o elenco da Ferroviária e que na época atuava como volante.

Torcida compareceu em peso para o jogo inaugural no dia 20 de setembro de 2008
Fotos: Tetê Viviani

 

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Arquivos