Selecione a página

Edinho assina permissão de uso de imóvel à entidade beneficente Cáritas

Edinho assina permissão de uso de imóvel à entidade beneficente Cáritas

O prefeito Edinho assinou nesta quarta-feira (10) um decreto que concede permissão de uso de imóvel ao Centro de Apoio, Reforma Íntima e Trabalhos Assistenciais, o Cáritas, entidade sem fins lucrativos que atua na região do Valle Verde.

A área doada pela Prefeitura fica no Valle Verde, o que fará com que a Cáritas se aproxime das pessoas mais necessitadas. Atualmente, a entidade fica no bairro do Selmi Dei, em um local alugado.

“As pessoas estão precisando de ajuda, por causa do aumento da vulnerabilidade. A Prefeitura agradece a existência de vocês. Ceder o imóvel é o mínimo que se pode fazer”, afirmou o prefeito.

A vereadora Juliana Damus (Progressistas), que participou da articulação da permissão de uso, ressaltou o trabalho da Cáritas. “Esses voluntários produzem cerca de 100 kg de alimentos por semana e distribuem para 700 famílias, além de doarem 60 cestas básicas todo mês. A gente se sente feliz por participar de tudo isso”, disse a vereadora, também destacando o apoio dos vereadores Paulo Landim (PT) e Thainara Faria (PT), além do vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto.

O presidente do Cáritas, Arthur Vicente, agradeceu a todos. “Só nos resta agradecer. Nosso grupo está ficando cada vez mais forte. Todos os voluntários são merecedores disso aqui”, refletiu.

Projetos de lei
No mesmo evento, dois projetos de lei de autoria da vereadora Juliana Damus foram sancionados pelo prefeito Edinho.

Um deles denomina Rua Bento Marques da Silva uma via pública do Parque Residencial Jardim Ipanema. Falecido em 2009, Bento foi o fundador da Rádio Elétrica Geral, empresa de equipamentos eletrônicos que funciona até hoje no Centro e foi responsável por trazer a primeira TV, o primeiro computador, o primeiro radioamador e o primeiro telefone celular para Araraquara.

A segunda lei denomina outra via do Jardim Ipanema como Rua Bárbara de Castro Rosa Guimarães. Bárbara sempre foi apaixonada por música, tornou-se cantora e viajava o Brasil com a banda Liniker e os Caramelows, mas morreu vítima de câncer, em 2016, aos 21 anos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade