Selecione a página

Araraquarense conquista índice, mas fica fora do Parapan

Alex Palhares Viana se destaca em competição nacional, mas passa raspando na luta pela vaga

Araraquarense conquista índice, mas fica fora do Parapan

Carlos André de Souza

No último final de semana, o nadador araraquarense Alex Palhares Viana disputou a primeira etapa nacional do Circuito Caixa Brasil de Natação, competição sediada no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, que contou com 236 atletas de 14 Estados mais o Distrito Federal. O torneio foi a última oportunidade para os nadadores atingirem os índices classificatórios para os Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019 e o Mundial da modalidade, em Londres, que acontecerão no segundo semestre.

O atleta da Fundesport encerrou sua participação com duas medalhas de bronze – nos 50 livre e 100 peito – além do 10º tempo do mundo nos 50 livre, 12º nos 100 livre e 100 peito.

Apesar do belo desempenho e de ter obtido a marca para participar do Parapan, Alex não conseguiu a vaga por uma questão de número de vagas. “São dois atletas por prova em cada classe. Eu acabei ficando com o terceiro tempo nos 50 livre, porque teve um rapaz que era de uma classe acima da minha e perdeu a visão. No Pan até podem ser inscritos três atletas por prova, mas o critério do CPB definia apenas dois. Então não foi dessa vez”, explicou o araraquarense.

“Mesmo assim saio com a sensação de dever cumprido, melhor marca da vida nos 100 livre no open, índice para o Pan e mais uma vez entre os melhores do Brasil e do mundo. Gostaria muito de agradecer a todas as pessoas que me apoiam, minha família, patrocinadores, amigos e claro, a Deus pois sem ele nada disso seria possível”, completou o atleta, que agradece o apoio da Fundesport, ParaDV, Clínica Resultados, Arte & Ciência, Serasa Experian e Ótica Lupo.

Treinada pelo técnico Alisson Alves da Silva, a equipe da Fundesport contou com outros três nadadores na competição nacional. Wilton Fernandes foi quinto colocado nos 50 costas e 50 livre S5, Lucas Simões conquistou o bronze nos 100 peito SB6, e Thiago Pestana da Silva foi prata nos 200 medley SM9 e bronze nos 100 peito SB8.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade