Selecione a página

Araraquara sedia Olimpíadas de Saúde Mental

Pela primeira vem em Araraquara, a Prefeitura realizará nesta sexta-feira (18), das 9h às 16h, no Ginásio de Esportes Guilherme Fragoso Ferrão e na Pista de Atletismo Armando Garllippe, o Ginásio da Pista, a 2ª edição das Olimpíadas dos Serviços de Saúde Mental. A realização se dará por meio das Secretarias Municipais de Saúde e […]

Araraquara sedia Olimpíadas  de Saúde Mental

Pela primeira vem em Araraquara, a Prefeitura realizará nesta sexta-feira (18), das 9h às 16h, no Ginásio de Esportes Guilherme Fragoso Ferrão e na Pista de Atletismo Armando Garllippe, o Ginásio da Pista, a 2ª edição das Olimpíadas dos Serviços de Saúde Mental.
A realização se dará por meio das Secretarias Municipais de Saúde e de Esporte e Lazer, com apoio da Coordenadoria Executiva de Direitos Humanos, via Assessoria Especial de Políticas para Pessoa com Deficiência, que é vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular.
O evento, que no ano passado foi realizado em Matão, também contará com as participações das prefeituras de Matão e Taquaritinga, através dos serviços de saúde mental.
O coordenador executivo da Secretaria Municipal de Saúde, Edison Rodrigues Filho, reitera que essas Olimpíadas, tradicionalmente realizadas em maio por conta do dia Nacional da Luta Antimanicomial (18 de maio), têm como objetivo promover a integração dos usuários do serviço de saúde mental. “Também visam a integração regional desses serviços, como os Caps (Centros de Atenção Psicossocial) e sua inclusão nas atividades”, acrescenta Edison.
A expectativa é reunir cerca de 500 participantes no sábado na cidade, entre usuários e técnicos desses serviços, com as disputas de atividades esportivas e culturais, como futebol de salão, corrida de saco, dama e dominó, entre outras.

Reforço
Para a assessora especial de Políticas para Pessoas com Deficiência, Elisa dos Santos, é muito importante a realização dessas 2ª Olimpíadas dos Serviços de Saúde Mental. “Porque contribui para a visibilidade da luta antimanicomial em Araraquara”, ressalta.
Vale destacar que as inscrições para a participação nas atividades se darão diretamente nos serviços de saúde mental das cidades envolvidas. Em Araraquara, nos Caps, Crasma e Casa Cairbar Shutel.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade