Selecione a página

Araraquara perde Eulália Schiavon

Por Edinho Silva – Prefeito de Araraquara 

Araraquara perde Eulália Schiavon

Foi com muito pesar que recebi a notícia da passagem da querida Eulália Schiavon, aos 93 anos, professora de educação física aposentada. Foi uma referência no esporte e, como mulher, uma desbravadora em seu tempo.

Dona Eulália adorava contar suas histórias.

Ela se formou em Educação Física pela USP na década de 1940 e foi professora durante 33 anos, lecionando na cidade de Matão e, posteriormente, em Araraquara, no Ginásio São Bento e na Escola Estadual Bento de Abreu (EEBA).

Terá sempre seu nome ligado aos principais eventos esportivos de Araraquara. Foi uma das criadoras da Festa da Ginástica, em 1951, e mais tarde, em 1962, os Jogos da Primavera, que realizados até hoje.

E como sempre esteve à frente de seu tempo, foi além: participou como assistente nas Olimpíadas do México, em 1968, Alemanha (1972), Canadá (1976) e Rússia (1980). A partir daí, dizia que passou a acompanhar as Olimpíadas da televisão.

 Como uma araraquarense apaixonada e incentivadora do esporte, era torcedora da Ferroviária.

Ao longo de sua trajetória e conquistas recebeu vários prêmios e homenagens, incluindo Título de Honra ao Mérito na Câmara Municipal.

Sua última aparição pública foi no lançamento do documentário “Backup Araraquara 200 anos”, na Casa da Cultura, onde dona Eulália foi a estrela da noite.

Deixa saudades e exemplos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade