Selecione a página

Apae de Araraquara inaugura núcleo especializado em autismo

A princípio, 12 alunos serão atendidos, mas a perspectiva é de que a capacidade aumente com o tempo; ‘a Apae dá um grande passo’, afirma Edinho

Apae de Araraquara inaugura núcleo especializado em autismo

Nesta terça-feira (2), Dia Mundial de Conscientização do Autismo, a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) inaugurou o seu Núcleo de Atendimento Especializado ao Autismo, com presença do prefeito Edinho, de vereadores, autoridades, alunos e pais e mães de alunos atendidos pela entidade.

O novo serviço fica no Núcleo de Convivência Ilsen Fernandes Grassi Elias, a unidade 2 da Apae, na Vila Xavier, e irá atender pessoas de 7 a 30 anos diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) grave. A princípio, o local terá 12 alunos, mas a intenção é ampliar os atendimentos futuramente.

O núcleo conta com uma equipe multidisciplinar composta por médica neuropediatra especialista em Análise do Comportamento, psicóloga, psicoterapeuta, fonoaudióloga especialista em Linguagem, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, pedagogas e educador físico.

O espaço possui 200 m² de construção. A obra foi feita com recursos recebidos da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo — com apoio de emendas parlamentares do ex-deputado estadual Roberto Massafera (PSDB) e do deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) —, recursos da própria entidade e também por meio da colaboração de amigos da Apae de Araraquara.

“A Apae dá um grande passo. O autismo não é uma doença, é um transtorno comportamental. E, se é positiva a melhoria de capacidade de diagnóstico nos últimos anos, isso também exige mais políticas públicas para que essas pessoas se tornem adultos saudáveis e incluídos na sociedade. A Prefeitura, como sempre, será parceira da Apae neste projeto. Parabéns a toda a diretoria da entidade”, afirmou o prefeito Edinho.

O vice-presidente da Apae, Sérgio José, em fala emocionada, agradeceu a todos pelo apoio. “Falo aqui não só como vice-presidente, mas como um pai de um aluno da Apae, que nos acolheu quando a gente precisava. Muito obrigado de coração e que Deus nos abençoe e nos proteja”, relatou.

A coordenadora técnica e pedagógica da Apae, Adriana Biasiolo, explicou que o aumento da demanda de pais e responsáveis de alunos com autismo motivou a criação do novo núcleo. “A gente acredita que é importante preparar esse aluno para a vida. O objetivo nosso é colocar essa pessoa com autismo integrada no mercado de trabalho”, explicou.

O vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, destacou que a Apae precisa muito da união de esforços vista na implantação do novo núcleo. “A Apae precisa de nós, precisa de todos vocês”, declarou, parabenizando toda a diretoria pelo empenho.

O vereador Roger Mendes (Progressistas), representando a Câmara Municipal, também parabenizou a Apae. “Instituições como a Apae são um braço da Prefeitura, pois fazem um trabalho que muitas vezes não temos condições de realizar. É um momento muito especial”, disse o parlamentar.

Ainda participaram do evento os vereadores Magal Verri (MDB), Toninho do Mel (PT), José Carlos Porsani (PSDB), Rafael de Angeli (PSDB), Jeferson Yashuda (PSDB), Elias Chediek (MDB) e Gerson da Farmácia (MDB); Paulo Filho e Edna Martins, que representaram as secretarias estaduais de Desenvolvimento Social e de Desenvolvimento Regional; a assessora de Políticas para a Pessoa com Deficiência, Elisa Santos; o aluno Élcio Ferreira da Cruz, que representou os alunos da Apae; os familiares da Ilsen Elias, os filhos Cristina, Daniel e Luiz Eugênio; entre outras autoridades.

Semana especial
A Prefeitura abriu no domingo (31/3) a Semana Municipal de Conscientização do Autismo. A programação completa está no sitewww.araraquara.sp.gov.br.

O objetivo é conscientizar e informar a população sobre o que é o autismo e como lidar com essa condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Além disso, as atividades devem contribuir para o reconhecimento e a valorização das pessoas autistas.

Vale lembrar que a Prefeitura está trabalhando nas obras de implantação do Centro de Referência Municipal Especializado no Atendimento de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), que vai funcionar no Jardim Dom Pedro I, em imóvel ao lado do Centro Especializado em Reabilitação “Dr. Eduardo Lauand”.

Veja fotos:

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade