Selecione a página

Acusado de homicídio no Jardim das Hortênsias se entrega à polícia

Homicídio de aposentado de 65 anos foi cometido na madrugada da segunda-feira de Carnaval

Acusado de homicídio no Jardim  das Hortênsias se entrega à polícia

 

José Augusto Chrispim

O pedreiro Cícero José da Silva, de 38 anos, se apresentou acompanhado do advogado Paulo Valili Neto à Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (16). Ele é acusado de matar a facadas o aposentado José da Silva, de 65 anos, na madrugada da segunda-feira, 4 de fevereiro, em um bar localizado na Rua Remo Frontarolli, no Jardim das Hortênsias.
De acordo com o delegado do 2º Distrito Policial, Dr. Elton Negrini, Cícero já havia se entregado dias depois do crime em uma delegacia de Matão, mas como havia passado o flagrante ele ainda estava em liberdade, porém, agora foi expedida a prisão temporária e o acusado será recolhido à cadeia de Santa Ernestina por 30 dias. “Ele já havia sido ouvido e alegou legítima defesa. Nós pedimos a prisão temporária dele por 30 dias que poderá ser renovada por mais 30 dias”, disse Negrini.

Legítima defesa
Cícera falou com exclusividade à reportagem de O Imparcial que vinha sofrendo ameaças do aposentado há algum tempo e, no dia do crime, ele teria tentado mata-lo com uma tesoura. “O José já vinha me xingando, xingando minha filha, minha mulher fazia tempo. Ele falou pra minha mulher que eu não era homem para assumir minha família. Na noite do crime eu estava em um bar e ele veio querer arrumar encrenca comigo, mas eu sai e fui para outro bar. Só que ele veio atrás de mim e pegou uma tesoura para me atacar, foi quando eu peguei uma faca que estava no chão e esfaqueei ele para me defender”, se defendeu o pedreiro.
A defesa do acusado disse que vai entrar com as medidas cabíveis para que Cícero cumpra a pena em liberdade.

O crime
O homicídio foi cometido na madrugada da segunda-feira de carnaval deste ano, em frente de um bar do Jardim das Hortênsias. No dia do crime, testemunhas relataram à Polícia Militar que o aposentado teria uma desavença antiga com o pedreiro.
O corpo de José foi encontrado pela polícia caído na rua. Uma equipe do SAMU foi acionada, mas só constatou o óbito.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade