Select Page

Advertisement

A greve conta com locaute e aponta um nocaute no Michel Temer



Na passeata realizada em Araraquara, na última sexta-feira (25), ficou claro que muitos brasileiros querem a volta do Exército no comando da nação

A greve conta com locaute e aponta  um nocaute no Michel Temer

Publicidade

Advertisement

Da redação

O governo peleja contra a greve enquanto mais setores estão anunciando paralisações, faltando combustíveis em aeroportos e cirurgias são adiadas em todo país. O governo federal cedeu e decidiu congelar por 60 dias a redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro. A proposta foi anunciada na noite desse domingo (27) pelo presidente Michel Temer, que fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto.

Presidente Temer em pronunciamento

A título de comparação, o presidente disse que esse desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide e do PIS/Cofins. Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto. Mesmo diante da escassez de combustíveis e alimentos o povo diz “somos todos caminhoneiros”, apoiando o setor de transportes que está parado pelo menos 50% no país.

O Comandante do Exército, o general Eduardo Villas Boas, se manifestou via Twitter nesse domingo (27) sobre a atuação das tropas federais para desobstruir rodovias pelo país.

“Desejamos, o mais rápido possível, a solução desse desafio, a fim de mitigar as dificuldades crescentes da população. Reafirmamos como diretriz operacional o foco no bem-estar social e na perene negociação para evitar conflitos entre os atores diretamente envolvidos”, escreveu. O que temos visto não é nada bom, a Polícia Federal desde ontem recebeu ordens para prender os líderes grevistas que se opõem ao fim da greve.

Na passeata realizada em Araraquara, na última sexta-feira (25), ficou claro que muitos brasileiros querem a volta do Exército no comando da nação – diversos veículos exibiam cartazes pedindo a volta da ditadura militar.

É vergonhoso o que os políticos fizeram com o Brasil, lutamos décadas para acabar com a ditadura e agora com a falência do estado querem acabar com o regime democrático. Não podemos aceitar as decisões arbitrárias tomadas por Gilmar Mendes. Este ministro do Supremo Tribunal Federal causou um enorme prejuízo, impediu que fossem realizadas eleições antecipadas para pôr fim à corrupção. As provas levantadas pelo relator ministro Herman Benjamin do TSE eram suficientes para impugnar a chapa Dilma\Temer. A cada dia somam mais processos contra o governo Temer, podendo ser afastado do poder antes das eleições.

Nota da prefeitura

A Prefeitura de Araraquara está trabalhando para estender ao máximo a prestação de serviços essenciais à população durante a mobilização dos caminhoneiros em todo o Brasil. Até quarta-feira (30), todos os serviços essenciais estarão mantidos.

A circulação de ônibus de transporte coletivo do CAT (Consórcio Araraquara de Transportes) está garantida, conforme ocorreu na última sexta (25). Nos horários de pico (das 5h às 10h e das 16h à 0h), 100% da frota estarão nas ruas de Araraquara. No horário de menor movimento (das 10h às 16h), serão 80% dos ônibus rodando.

O transporte escolar e a distribuição da alimentação escolar nas unidades de ensino da rede municipal continuam normalmente (os cardápios serão adaptados apenas onde houver necessidade devido à falta de algum item).

Na saúde, o transporte de pacientes para procedimentos em outras cidades ou mesmo no município, como para hemodiálise, também está garantido pela Secretaria de Saúde, bem como os atendimentos nas unidades básicas, unidades especializadas e de urgência.

O Centralizado Municipal está abastecido de etanol, gasolina e óleo diesel, mas trabalha com o racionamento desses combustíveis de acordo com a urgência dos serviços, sendo que a prioridade é atender a Saúde e a Educação.

Serviços de limpeza pública e coleta de lixo domiciliar, coleta seletiva e coleta de resíduos de saúde estão garantidos, pelo menos, até quarta-feira. O Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) está priorizando serviços emergenciais, como manutenção em redes de esgoto e vazamento de água.

Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o prefeito Edinho tranquilizou a população. “Nós tomamos medidas e não temos nenhum cenário que impeça a Prefeitura de funcionar normalmente. Se, em algum momento, a Prefeitura avaliar que os principais serviços estão prejudicados, serei o primeiro a vir a público e orientar a população. Enquanto a Prefeitura tiver condições de funcionar, estaremos funcionando”, explicou o prefeito.

A Prefeitura continua monitorando a conjuntura nacional e a evolução das mobilizações dos caminhoneiros e trará novas informações diariamente à população de Araraquara.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Contas a pagar

Arquivos