Select Page

Vai pegar estrada no feriadão? Atenção especial com crianças e pets!



Dispositivos adequados a cada passageiro garantem conforto e segurança

Vai pegar estrada no feriadão? Atenção especial com crianças e pets!

 

CTB prevê regras para o transporte de crianças e animais de estimação. Foto: Shutterstock

O Dia do Trabalhador, 1º de maio, vai cair em uma terça-feira neste ano e, para quem pode viajar com a família, esta é uma ótima oportunidade para relaxar. Seja qual for o trajeto, ele deve ser feito sempre em segurança, depois de uma revisão completa no veículo e, também, e após  alguns cuidados essenciais no caso de quem transporta crianças e pets.

De acordo com o artigo 64 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), somente a partir dos 10 anos de idade as crianças podem ser transportadas no banco dianteiro. Antes disso, elas devem ser conduzidas no banco traseiro, em dispositivos adequados a cada idade e tamanho. Quem descumpre essa norma está cometendo uma infração gravíssima.

Bebês de até um ano de idade devem ficar no bebê conforto, no banco de trás e de costas para os bancos da frente. Crianças entre um e quatro anos devem ficar na cadeirinha com o cinto no banco traseiro. Crianças de quatro a sete anos e meio precisam ficar no assento de elevação no banco de trás. E de sete anos e meio até 10 anos, podem ficar sentadas no próprio banco traseiro do carro.

Segundo Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, acima de multas ou pontos na carteira, o que importa mesmo é a segurança. “Por isso, mesmo que as crianças chorem ou reclamem, os pais não devem ceder e tirá-las da cadeirinha. Transportá-las no colo é uma das situações que mais potencializam danos em caso de choque”, diz.

Para distrair os pequenos, a dica é levar DVD portátil, inventar jogos de adivinhações ou contar historinhas. Também programar paradas em intervalos regulares para que a criança gaste um pouco de energia antes de retornar à estrada.

E nada de pets soltos no carro. Para garantir que seu bichinho também fique confortável e seguro nas viagens, use caixa de transporte, cadeira e cinto de segurança adaptado para animais. O CTB também prevê penalidades para quem se desloca levando-os de maneira inadequada. “O transporte correto do animal é importante não apenas para evitar multas; ele também previne ocorrências mais graves caso ocorram freadas bruscas ou colisão”, afirma Campos.

Fiscalização e educação

Além de aumentar a fiscalização nos feriadões, a PRF também intensifica as ações educativas e, no feriado de 1º de maio do ano passado, buscou sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro. Ao todo, o órgão contabilizou 31.667 pessoas alcançadas pelas ações promovidas durante os quatro dias de operação.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos