Selecione a página

Terreno abandonado vira ‘mata’ na Vila Esperança

Terreno abandonado vira ‘mata’ na Vila Esperança

Ariane Padovani

 

Um terreno de aproximadamente 100 metros de comprimento localizado na esquina da Rua Clóvis Braga Pinto Ferraz com a Avenida José Roberto Tellaroli, na Vila Esperança, vem causando inúmeros transtornos para os vizinhos.

Há mais de 40 anos o terreno está abandonado e nem mesmo a calçada foi feita. A falta de cuidados fez com que o local se tornasse um matagal que invadiu a rua.

Os vizinhos contam que proíbem as pessoas de jogarem entulhos no local, mas elas sempre encontram um momento de distração para abandonar sofás, armários e outros objetos que acabam gerando focos de dengue, doença que atingiu moradores de todas as casas da vizinhança.

Mas os problemas podem resultar em ameaças ainda mais graves. Várias residências já foram invadidas por animais peçonhentos como cobras, aranhas e escorpiões. Ainda segundo os moradores, nos últimos anos o Corpo de Bombeiros foi chamado para conter enxame de abelhas, recolher um gambá que estava em um muro de uma casa e também para recolher uma cobra jiboia que apareceu em uma calçada, em frente a um portão de uma residência.

Além disso, galhos de árvores obstruem as luzes dos postes, o que faz com que a iluminação fique precária durante a noite. Para complicar ainda mais, caminhões que são proibidos de passar pelo local desrespeitam a sinalização e continuam transitando livremente, já que não existe nenhuma fiscalização. Com o problema da falta de calçadas, o risco fica ainda maior para os transeuntes.

A moradora Fátima Aparecida Tomás falou sobre a insegurança do local. “As pessoas não respeitam e, se deixarmos, jogam todo tipo de lixo o tempo todo. Eu pego ônibus todos os dias às 5 horas da manhã para ir trabalhar, com esse mato alto e a iluminação péssima, o que é muito perigoso. É comum vermos escorpiões e outro dia tinha uma cobra na rua. Está difícil. Já tentei de tudo, avisei na Prefeitura, e até agora nada. Ninguém toma providências”, explicou, indignada.

 

Últimos Vídeos

Carregando...

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade