Select Page

Serviços de Streaming vêm desbancando gigantes da TV



Especialista afirma que a alta concorrência entre as produtoras deve manter preços baixos por muito tempo

Serviços de Streaming vêm  desbancando gigantes da TV

Adriel Manente

Até bem pouco tempo atrás ter uma TV por assinatura em casa era sinônimo de ostentação. Além de pagar caro nas mensalidades, os assinantes tinham a um botão de distância (o do controle remoto) filmes lançados há pouco tempo, seriados, desenhos, jogos restritos, entre outras coisas. Porém essa realidade mudou.

Empresas de Streaming, tecnologia que envia informações multimídia através da transferência de dados utilizando a internet, como a Netflix e o Spotify, têm cada dia se popularizado mais.

Seja pela qualidade, pela velocidade ou pelo preço acessível, é inegável que essa modalidade vem tomando a preferência dos usuários. Relativamente novas, as empresas de streaming têm desbancado gigantes da comunicação e atraído todas as atenções do mercado.

Segundo o analista de Sistema e Especialista em Tecnologia da informação, Rafael Galleani, os serviços de streaming não irão substituir as TVs por assinatura, mas a tendência é que o mercado desse segmento mude. “O que veremos são mudanças nas ofertas das empresas que comercializam esse tipo de serviço. Acredito que os meios de streaming e as Tevês por assinatura irão coexistir, mas com a TV passando por mudanças em suas ofertas”, diz.

Questionado sobre se com o aumento da procura pela Netflix a empresa poderia encarecer seu produto, o especialista foi enfático. “A Netflix traz um grande benefício ao permitir que você assista a sua programação a hora que desejar no dispositivo que desejar e com uma grade muito grande de programas. Mas, outras produtoras que disponibilizam seus filmes e séries para a Netflix como Disney e Universal estão lançando seus próprios serviços de Streaming, forçando com que a Netflix produza conteúdos originais para não perder a ofertas de grandes quantidades de itens no seu catálogo. Com outras produtoras lançando seus serviços de Streaming, teremos um aumento na concorrência que fará com que os serviços não encareçam tanto, pois eles terão que se manter competitivos e, competitivos inclusive com a TV por assinatura”, explica Galleani.

De acordo com Pâmela Sabrina Custódio Teodoro, vendedora de serviços digitais de uma empresa de telecomunicações em Araraquara, a cada dia vem sendo mais difícil vender assinaturas para serviço de TV paga. “Hoje com essa internet de alta velocidade e Smartv o acesso a Netflix ficou mais fácil”, expõe. Além disso, segundo ela, há outros fatores que complicam na hora de buscar um cliente. “Sabemos também que tem pessoas que liberam os canais por mês para os outros por 20 ou 30 reais, além de termos vários aparelhos clandestinos que fazem transmissões direto do satélite, sem contratar nenhum serviço”. Ela finaliza traçando um parâmetro na linha do tempo. “Trabalho com vendas há 12 anos. Há cinco ou seis anos atrás vender TV por assinatura era fácil, hoje mudou tudo”.

Mas para Charlene Cristina Oliveira Silveira, cliente da Netflix, está tudo bem, por um preço bem acessível ela tem uma grande variedade de programação com um custo-benefício que realmente vale a pena. “Já tive TV por assinatura e gostava muito. Mas encareceu demais e com a Netflix eu praticamente tenho o mesmo conteúdo mais barato”, afirma. Para os filhos a mesma coisa, muito conteúdo. “Para quem tem filhos, como eu, é ótimo para entreter. E raramente tem algum tipo de problema no sinal, mesmo com chuva, não tenho do que reclamar”, conclui mais uma cliente satisfeita.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos