Select Page

Advertisement

Reunião no bairro dos Machados encerra plenárias do OP 2018



Na última plenária foi eleita a ampliação da escola no Bela Vista

Reunião no bairro dos Machados encerra plenárias do OP 2018

Publicidade

Advertisement

Com 186 participantes, a plenária regional do Orçamento Participativo (OP), da zona oeste de Araraquara, elegeu como prioridade para 2019 a ampliação e reforma nos prédios da educação – Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Hermínio Pagotto e Centro de Educação e Recreação Waldyr Alceu Trigo – localizados na agrovila do Assentamento Bela Vista. O encontro dos moradores da região 11marcou o encerramento das subplenárias, das regionais e das temáticas do OP deste ano.

Desde fevereiro, a Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular, por meio da Coordenadoria Executiva de Participação Popular, levou plenárias para todos os bairros de Araraquara para ouvir as principais demandas da população, que foi dividida em sub-regiões e, numa fase seguinte, em 11 regiões. Os investimentos eleitos em cada uma dessas 11 regiões do OP entrarão no Orçamento de 2019 da Prefeitura Municipal.

No salão paroquial da igreja Nossa Senhora de Fátima, a segunda proposta, que obteve 8 votos a menos do que a eleita – o placar foi 96 a 88 votos – apontou a necessidade de pavimentação ecológica nas vias do bairro Portal das Laranjeiras.

A Emef Hermínio Pagotto tem 130 alunos de ensino fundamental e mais 55 no infantil. Segundo a diretora Fernanda Paulino, a ampliação é necessária para atender a demanda. “Projetamos ampliar as salas de aulas e a cozinha da escola, além da edificação de um quiosque para o ensino infantil”, relata a diretora.

Para o bacharel em Direito e ex-aluno da Emef Pagotto, Cléber da Silva Barbosa, a ampliação atenderá também aos alunos em período integral.

Balanço

Nos próximos três meses, as condições técnicas de estrutura, aporte financeiro e normas legais das propostas eleitas neste ano serão analisadas pelos integrantes do Conselho do Orçamento Participativo junto às secretarias municipais.

O​ prazo de envio para aprovação dos vereadores na Câmara é até dia 30 de setembro, segundo a secretária de Planejamento e Participação Popular, Juliana Agatte. “Tivemos uma participação expressiva em todas as regiões do OP e o processo se desenvolveu de forma democrática e transparente. Agora, vamos viabilizar as propostas eleitas com os conselheiros e técnicos da Prefeitura para o envio à Câmara referente ao orçamento do próximo ano”, projeta Agatte.

Segundo o coordenador do OP, Alcindo Sabino, cerca de 6 mil pessoas participaram das 48 reuniões deste ano e a população esteve bem representada. “A cidade tem 230 mil habitantes e 6 mil participantes no OP. Parece pouco, mas não é, porque melhor as comunidades mobilizadas lutando por melhorias nos bairros do que um pequeno grupo decidindo os rumos da cidade”, observou.

 “Mais uma vez, tivemos demandas inovadoras, como a região norte lutando pela revitalização do córrego Serralhal e a construção de ponte de acesso do Maria Luiza III ao Aclimação, na região nordeste”, concluiu Sabino.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Contas a pagar

Arquivos