Selecione a página

Região de Araraquara está em estado de alerta

Barbieri busca recursos dos governos estadual e federal para recuperar vicinais, bairros e assentamentos afetados pelas chuvas

Da redação
O prefeito Marcelo Barbieri esteve na manhã dessa quinta-feira (14) na Rodovia Nelson Barbieri, que liga Araraquara a Gavião Peixoto, acompanhado do vice-prefeito Coca Ferraz e do secretário de Obras, Valter Rozatto, para averiguar a condição do local que está interditado para a passagem de veículos após uma grande erosão ter se formado em uma das margens da vicinal. Também na parte da manhã, discutiram a situação das ruas dos bairros de chácaras de Araraquara e dos três assentamentos. As vias são de terra e foram prejudicadas pelas constantes chuvas dos últimos dias. A ideia é traçar um plano de recuperação. “Sabemos que o transtorno para a população é grande, por isso estamos buscando uma forma de viabilizar recursos para garantir melhorias efetivas nesses locais, que se tornaram intransitáveis com as chuvas constantes do início do ano”, pontuou o prefeito.
De acordo com Marcelo, a Prefeitura não dispõe hoje de recursos próprios para pavimentar as ruas sem asfalto. “Dessa forma, precisamos buscar recursos com os governos estadual e federal, e estamos empenhados nisso”, disse.
Vicinal
De acordo com o secretário de Obras, com o aumento do volume de água na represa do Portal das Laranjeiras em razão da chuva ininterrupta que cai no estado de São Paulo, a lagoa transbordou e passou por cima da vicinal, ocasionando uma profunda erosão na outra margem da pista. Uma grande árvore caiu sobre o asfalto.
A retirada de parte da árvore foi realizada por servidores da Secretaria de Serviços Públicos. Além disso, o prefeito solicitou um estudo técnico para avaliar qual a situação da rodovia e se há possibilidade de liberação com segurança de meia-pista para o retorno do tráfego no local, já que esse é um importante acesso a Embraer, Gavião Peixoto e outras propriedades na região.
“Esta vicinal é essencial para Araraquara, temos muitas chácaras nesse trecho, além da Embraer que diariamente transporta um alto número de funcionários por essa rodovia. Vamos aguardar o parecer técnico, pois a vicinal só será liberada quando tivermos certeza de que é completamente segura, caso contrário sua interdição será mantida”, alertou o prefeito.
Marcelo entrou em contato com a Defesa Civil do Estado de São Paulo, com a Secretaria Estadual de Transportes e também com a Casa Civil a fim de solicitar auxílio e recursos para que as obras sejam realizadas em caráter emergencial. A Embraer também se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade