Selecione a página

Prefeitura seleciona famílias para sorteio de casas populares

Prefeitura seleciona famílias para sorteio de casas populares

O sistema de cadastro habitacional da Prefeitura de Araraquara gerou, nesta quinta-feira (10), a lista das famílias aptas a participar do sorteio das casas populares dos conjuntos residenciais Valle Verde e Jardim do Valle, na zona norte da cidade, previsto para o próximo dia 27 de abril, domingo, na Arena da Fonte.Os dois conjuntos estão sendo construídos com recursos dos governos federal e estadual (Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista), e somam 1.432 casas do Valle Verde e 560 casas do Residencial Jardim do Valle, na mesma região. As 1.992 moradias serão entregues com toda infraestrutura de abastecimento de água, rede de esgotos, rede elétrica, ruas e avenidas pavimentadas e galerias de água pluviais. O investimento é de aproximadamente R$ 150 milhões.Das 8.780 famílias cadastradas com renda de até R$ 1,6 mil, 6.767 famílias estão habilitadas para participar do processo de seleção das casas. Desse total, 335 famílias em situação de extrema vulnerabilidade, que atendem maior número de critérios do programa, não precisarão participar do sorteio.As demais famílias habilitadas participarão do sorteio no dia 27, totalizando 6.432 famílias para 1.657 casas, em uma proporção de 1 para 3,8.A listagem com os nomes e demais dados das famílias habilitadas foi gerada pelo sistema de informática durante reunião acompanhada pelo prefeito Marcelo Barbieri e membros da Comissão de Auditoria e Fiscalização do sorteio do Programa Minha Casa Minha Vida. A lista será enviada à Caixa Econômica Federal (CEF) para avaliação.É importante informar à população que, mesmo após o sorteio, a relação dos pré-selecionados será enviada à Caixa Federal para avaliação. Se em algum cruzamento de dados for constatado que os critérios do programa não são atendidos, a famílias será inabilitada e outra família será incluída.Também serão desclassificadas famílias que não apresentarem documentação. Por isso, é necessário ter um cadastro reserva com 30% do total de moradias entregues, cujo sorteio será realizado no mesmo dia.A comissão é formada por representantes do Ministério Público de São Paulo, Caixa Econômica Federal, Conselho Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Secretaria Municipal de Comunicação, Secretaria Municipal de Governo, Secretaria dos Negócios Jurídicos, Coordenadoria de Tecnologia e Informática, e representante das famílias cadastradas.O prefeito afirmou que Araraquara foi uma das primeiras cidades do país a receber o programa Minha Casa Minha Vida e que hoje é uma das mais contempladas. “Temos trabalhado desde o primeiro dia do mandato para garantir a casa própria às famílias em situação de vulnerabilidade e que estão há anos na fila de espera”. Marcelo ressaltou as mudanças na legislação municipal que beneficiam os moradores que residem no município há pelo menos quatro anos.

Transparência

O sorteio das moradias será um ato público, realizado na Arena da Fonte no dia 27 de abril. Em uma próxima reunião, aberta à imprensa, serão produzidos os papéis com os nomes dos cadastrados. O material será colocado em urna transparente, que será lacrada e assinada pelos integrantes da comissão.O sorteio contará com três urnas: para pessoas com deficiência, idosos e demais famílias. Do total de moradias, serão sorteados 3% dos imóveis para pessoas com deficiência e 3% para idosos. Os nomes que não foram contemplados serão misturados à urna com os demais nomes para o sorteio principal. Dessa forma, famílias com idosos ou pessoas com deficiência terão uma chance maior de conquistar a casa própria.“Os critérios são rigorosos e o processo está sendo conduzido com muita transparência pelo secretário Edélcio Tositto e pela equipe da Habitação. Queremos atender as famílias de baixa renda e continuar trabalhando para contemplar o restante da demanda”, disse o prefeito Marcelo Barbieri.

Mais casas

Na última terça-feira (8), o prefeito e o superintendente da Caixa Econômica Federal, Issac Samuel Reis, entregaram as chaves da casa própria a 485 famílias do núcleo Anunciata Palmira Barbieri, do programa federal Minha Casa Minha Vida, na região do Selmi Dei.Além do Anunciata, o conjunto habitacional Romilda Tapareli, cujas 538 residências já foram entregues pelo prefeito Marcelo e pela CEF, e o Maria Helena Lepre, com 338 casas, que será entregue em breve, completam o total de 1.361 unidades habitacionais do programa federal construídas naquela região da cidade.O prefeito Marcelo Barbieri já entregou 2.320 unidades para famílias de baixa renda, e mais 2.350 estão em construção.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade