Select Page

Porsani recebe resposta do IAMSP e deve apurar contradições entre reclamação e resposta

Porsani recebe resposta do IAMSP e deve apurar contradições entre reclamação e resposta

A região da cidade de Araraquara tem 25 mil servidores estaduais, 9 mil deles na própria cidade. Todos eles mantêm convênio com o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual – Iamspe, em alternativa ao serviço do Sistema Único de Saúde – SUS. Contudo, já há alguns anos têm ocorrido problemas com o atendimento deste servidor, como dificuldade para conseguir consultas e exames, além da falta de médicos conveniados e reclamações dos próprios médicos, que encontram problemas para receber. As reivindicações e as dificuldades dos funcionários públicos estaduais em ter acesso à saúde pelo convênio e as remunerações aos prestadores do serviço na região de Araraquara são relatados em Requerimento do vereador José Carlos Porsani, apresentado em março deste ano e encaminhado a diversas autoridades, como o Governador do Estado, Secretários Estaduais da Saúde e de Governo, além de outras autoridades.

A resposta foi dada ao vereador pelo próprio Iamspe, por meio de ofício. O instituto assegura que possui uma tabela própria de procedimento que remunera seus prestadores de serviço com valores acima dos praticados pelo SUS, depositando diretamente na conta do prestador. Acrescenta ainda a informação de que o instituto conta hoje com aproximadamente 2.500 médicos conveniados no estado – 51 deles na região – e que estes médicos atendem os conveniados em clínicas e consultórios particulares, recebendo R$ 53,00 por consulta.

Internação

Porsani tratou também no Requerimento sobre a internação do servidor estadual, quando necessária. Sobre isto o instituto respondeu que na região mantém convênio com a Santa Casa de Araraquara – com exames e procedimentos cardiológicos, além de outros três hospitais, sem, porém, citá-los. Destaca ainda que a tabela própria prevê valores para consultas ambulatoriais, com inclusão de exames de eletrocardiograma (cardiologia), Papanicolau (ginecologia), fundoscopia, tonometria, inspeção de fábrica e senso cromático (oftalmologia) e retirada de corpo estranho (otorrino). Conclui o ofício de resposta apontando que o Iamsp tem, além dos quatro hospitais, convênio com uma policlínica, uma clínica de fisioterapia, posto de atendimento próprio, quatro laboratórios e 51 médicos credenciados.

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos