Select Page

Passeata da paz reuniu centenas de pessoas neste domingo

Célia Pires

Neste domingo, 6, a cidade viveu um momento muito bonito,mas triste, onde pessoas se uniram por uma mesma causa, a paz. Estamos falando da passeata pela paz, iniciativa das amigas da Ana Cláudia Rossi encontrada morta na noite do dia 27 de dezembro, Natalia e Cassiana Franco. A divulgação do movimento foi feita em redes sociais. Centenas de pessoas compareceram ao ato.

A maioria dos participantes vestia roupa branca e carregavam rosas da mesma cor.

O objetivo foi fazer uma homenagem à jovem e pedir providências para o local onde a jovem foi assassinada e que está abandonado oferecendo riscos para a população. “Mesmo com toda a tragédia o local continua do mesmo jeito. É preciso que se faça algo rápido, pois pessoas ainda continuam passando pelo lugar”, diz uma das participantes do ato público.

A passeata teve início em frente à prefeitura, passando pela Matriz de São Bento, indo até o pontilhão da Avenida 22 de Agosto, lugar onde ocorreu o crime. “ A Matriz era um dos lugares preferidos da Ana”, diz uma amiga.

Ali, no local onde ocorreu o crime, foi um dos momentos mais marcantes da passeata, pois os participantes lançaram em direção ao local as rosas brancas que carregaram durante a passeata. “ Foi difícil segurar as lágrimas”, disse uma senhora.

O noivo de Ana Cláudia, Magnum, falou da crueldade do assassino e que Ana era um anjo que vai fazer muita falta. “Essa homenagem é muito pouco pelo que Ana representava na vida das pessoas”, disse emocionado.

Pais e amigos do jovem Bruno Braghini, morto no dia 2 de dezembro numa tentativa de assalto também participaram da passeata e lamentaram o aumento da violência na cidade.Também pediram mais segurança em Araraquara.

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos