Selecione a página

Novas casas populares começam a ser construídas no Roxo

Residências possuem aquecedor solar e 200 m2 de terreno; empresa projeta contratação de 500 pessoas

Com toda estrutura das paredes externas e internas prontas, a casa modelo do núcleo habitacional Parque Residencial Villa Verde, no Adalberto Roxo, na Região Nordeste de Araraquara, está pronta para o revestimento de concreto. Segundo o engenheiro Osório Gonçalves de Aguiar, da construtora responsável pela obra, a primeira casa estará pronta em duas semanas.O prefeito Marcelo Barbieri, acompanhado do secretário de Obras Públicas, Valter Rozatto, esteve nesta segunda-feira (28) no canteiro de obras e ressaltou a importância para a cidades dos residenciais Valle Verde, com 1.432 casas populares, e Jardim do Vale, com mais 555 moradias.“Estamos trabalhando intensamente para diminuir o déficit habitacional em Araraquara. Este novo núcleo habitacional estará integrado a outros três, com 1.361 casas no total, que vamos entregar nesta região a partir do mês que vem. Outro fator positivo é a geração de empregos que essas obras proporcionam”, afirmou o prefeito.Na montagem da estrutura, o projeto é conferido nos mínimos detalhes e com alta tecnologia. A montagem das bases das paredes é feita em chapas de aço, o que economiza tempo, material e mão-de-obra.A casa de 48 m2, que terá sistema de aquecimento solar para água, ocupa um terreno de 200 m2. As ruas e avenidas terão 9 metros de largura. Nas calçadas com 3 metros haverá plantio de grama e acessibilidade para moradores com deficiência.O engenheiro projeta a produção de 70 casas por semana. “Estamos no começo da obra, mas com instalação da usina de concreto própria os serviços serão acelerados e contrataremos mais profissionais da construção civil. Temos a responsabilidade de entregar 1.987 moradias”, relata Osório.Na última semana, a construtora completou 200 bases de concreto. O sistema empregado é o radier com 12 tipos de formas diferentes. A base totalmente concretada substitui os baldrames. Outra frente de trabalho atua na terraplenagem e uma terceira na construção de galerias de água pluviais. Técnicos do Departamento de Água e Esgotos (Daae) auxiliam nas marcações da rede de esgotos e abastecimento de água.
EmpregoA obra emprega atualmente 127 profissionais entre pessoal do campo e da administração. O PAT auxilia na seleção dos candidatos às vagas de pedreiro, servente, carpinteiro, armador de ferragens e encanador. Mais informações na Rua Voluntários da Pátria nº 2310, telefone 3301-1599.À medida que a obra avançar, novos profissionais serão contratos para as vagas de eletricista, pintor predial, marceneiro, entre outros. Na fase de montagem e revestimentos das casas mais de 500 profissionais serão contratados pela empresa.O aporte federal do Minha Casa Minha Vida é de R$ 164 milhões.
Equipamentos públicosPara atender os novos moradores do Adalberto Roxo, a Prefeitura vai instalar na região uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) – já em licitação, um posto de saúde e uma creche que já estão em construção. Além disso, a Prefeitura também já garantiu uma verba federal para a construção de um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), mais dois postos de saúde, uma quadra coberta, três creches e um quiosque da cultura. Uma nova escola também será construída na região pelo Governo do Estado.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade