Select Page

Noite especial celebra mulheres de destaque em Araraquara



Evento foi realizado na sexta-feira na Biblioteca Municipal e contou com as presenças do prefeito Marcelo Barbieri e da presidente do Fundo Social, Zi Barbieri

O prefeito Marcelo Barbieri e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Zi Barbieri, prestigiaram na noite de sexta-feira (6), na Biblioteca Municipal Mário de Andrade, a Abertura Solene das comemorações do Mês da Mulher com a premiação “Mulheres que Fazem História”.
A homenagem foi concedida a oito mulheres de destaque em Araraquara. São elas: a artesã Elisabete do Carmo Eloi; a professora de Educação Física Eulália Schiavon; a comerciante Márcia Aparecida Marçola; a cabeleireira Margot Braga; a professora Maria Helena de Moura Neves; a inspetora de manutenção Maria Rosvani Roque da Silva; a enfermeira Martina Ortiz Florenciano; e a presidente do Comitê Ação da Cidadania, Marlene de Freitas Fernandes Lopes.
A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Zi Barbieri, abriu os discursos da noite enaltecendo o perfil de cada uma das homenageadas. “São oito mulheres muito diferentes entre si, mas com uma coisa em comum, a importância para nossa cidade. Obrigada a todas por nos dar orgulho das mulheres de Araraquara”, expressou.
O prefeito Marcelo Barbieri também destacou os exemplos e os méritos de cada uma das homenageadas. “Esta noite tão especial marca o reconhecimento da história de vida de oito mulheres que conquistaram respeito pelo seu trabalho, perseverança, dedicação à família e à sociedade, certamente elas representam todas as mulheres de nossa cidade”, disse.
Marcelo ressaltou que esta premiação é também um momento de reflexão e considerou os avanços nas políticas públicas voltadas para as mulheres, entretanto, alertou sobre a necessidade de continuar discutindo e avançando nas ações, especialmente para o combate à violência contra as mulheres.
Representando as oito homenageadas, a professora Maria Helena de Moura Neves, explanou sobre o espaço da mulher na sociedade, refletiu sobre o dia 8 de março em seu aspecto histórico e social e abordou o significado da premiação concedida. “Estamos aqui nesta noite porque somos trabalhadoras e nossa história impõe respeito. Temos um pedaço na construção desta cidade”, argumentou.
Reconhecimento
Durante seu discurso, o presidente da Câmara Municipal, Elias Chediek, afirmou que as homenageadas representam as mulheres araraquarenses. “São exemplos de mulheres de sucesso, que representam todas as outras de Araraquara”, falou o vereador.
Para a secretária da Articulação Institucional e da Participação Popular, Marimar Guidorzi, as oito homenageadas “são exemplos que enaltecem e consolidam o espaço da mulher na sociedade”.
Também participaram do evento a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Regina Chediek; a coordenadora de Políticas Públicas Para as Mulheres, Geani Trevisoli; secretários municipais; familiares das homenageadas e convidados.
A premiação “Mulheres que Fazem História” é uma realização do Fundo Social de Solidariedade em parceria com a Coordenadoria Executiva de Políticas Públicas para as Mulheres e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e compõe a programação do Mês da Mulher, que pode ser conferida no site da Prefeitura (araraquara.sp.gov.br)

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos