Selecione a página

Gota de Leite é reconhecida como entidade filantrópica

A medida já beneficiará o fechamento do balanço financeiro de 2016, cujo passivo previdenciário patronal na ordem de R$ 6,1 milhões deverá ser cancelado. Segundo a diretoria da Fungota, o alívio nas contas da maternidade para 2017 será em torno de R$ 125 mil mensais.

O Ministério da Saúde publicou nos atos oficiais da União a portaria número 162, do último dia 20, que concede à Fundação Municipal “Irene Siqueira Alves – Vovó Mocinha” (Fungota) o certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social. A conquista reconhece o caráter filantrópico da Maternidade Gota de Leite, reinaugurada pelo ex-prefeito Marcelo Barbieri (PMDB) em 2012.
O pedido de reconhecimento de entidade filantrópica na área da saúde foi feito pela diretoria da maternidade em dezembro de 2014. Desde então, a assessoria jurídica da Fungota vinha acompanhando o andamento do processo.
O presidente do PMDB, Aluisio Braz, comemorou o credenciamento da maternidade. “A Gota de Leite foi uma grande conquista da cidade e essa certificação vem reconhecer a qualidade e a seriedade do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Fungota”, afirma. “É importante exaltar a dedicação dos funcionários e a atuação da médica Regina Barbieri Ferreira à frente da maternidade, bem como de toda a diretoria e dos diretores que passaram pela Gota de Leite”, ressalta.
Aluisio explica que a certificação fortalece o processo de autonomia da Gota de Leite, permitindo a redução do custeio da maternidade, que passará a ter direito às isenções fiscais previstas em lei, como a referente à contribuição previdenciária patronal.
A medida já beneficiará o fechamento do balanço financeiro de 2016, cujo passivo previdenciário patronal na ordem de R$ 6,1 milhões deverá ser cancelado. Segundo a diretoria da Fungota, o alívio nas contas da maternidade para 2017 será em torno de R$ 125 mil mensais.

Saída
A diretora da Gota de Leite, Dra. Regina Barbieri, não precisa de carta de apresentação, pois seu trabalho à frente da Saúde de Araraquara mostrou sua capacidade. A sua labuta também na Gota de Leite tem agregado vitórias, mas com a mudança de governo, ela pode entregar o cargo, apesar de ainda não ter nada confirmado. Segundo entrevistas anteriores, ela buscava que a maternidade fosse reconhecida como entidade filantrópica, agora mediante a conquista pode sair com a sensação de missão cumprida.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade