Select Page

Geloteca leva cultura gratuita ao São Geraldo



Com livros, gibis e revistas, geladeira traz incentivo à leitura no ponto de táxi da praça do bairro

Geloteca leva cultura  gratuita ao São Geraldo

José Augusto Chrispim

Através da iniciativa de um taxista do bairro São Geraldo, Araraquara ganhou um novo estímulo à leitura. E o local escolhido para a instalação do projeto Geloteca foi o ponto de táxi da Praça do bairro São Geraldo, localizada na Avenida São Geraldo.

De acordo com o idealizador do projeto, o taxista Marcelo Cesar da Silva, a ideia da Geloteca veio depois que a geladeira que havia na Praça das Bandeiras foi retirada do local. “Eu sempre li livros e gibis para meus dois filhos, hoje com 14 e 18 anos, por isso, tinha muito material didático em casa e não sabia para onde levar. Foi aí que um amigo me deu a ideia de montar a geladeira para dar acesso à leitura para outras pessoas. Um empresário me doou a geladeira e, em pouco tempo, consegui juntar com moradores do bairro os R$ 40,00 para fazer a plotagem”, relatou o taxista com exclusividade à reportagem do O Imparcial.

 

Incentivo à leitura

O projeto Geloteca trata-se de uma biblioteca comunitária, feita a partir da reutilização de geladeiras antigas, que são transformadas em estantes, onde as pessoas podem doar e adquirir livros.

“Você pega, lê e devolve. Mas se não quiser, não precisa devolver. Quem tiver livros de qualquer gênero ou gibis, e quiser doar, é só chegar e colocar na geladeira”, ressalta Marcelo.

Marcelo, que é taxista há 21 anos, conta que sempre incentivou a leitura entre seus filhos e hoje vê o resultado com o mais velho que, mesmo sempre estudando em escola pública, disputa uma vaga em duas universidades públicas. “Eu sempre li bastante para meus filhos, pois acredito que um livro vale mais que mil armas. Através da cultura se conquista tudo, já através de uma arma é só atraso”, lembra.

Iniciativa conjunta

A comerciante Marina Silva diz que também ajudou o taxista a implantar a Geloteca na praça, pois acredita na importância do hábito da leitura. “Eu já separei uns livros para colocar na geladeira. Desde a semana passada, eu vejo as pessoas vindo buscar e trazer publicações. Fico feliz em ver jovens participando”, disse a comerciante.

Já a estudante Vitória Gomes Silva adorou a iniciativa. Ela disse que gosta de livros de aventura. “Eu estou lendo um livro chamado ‘O segredo das fadas’ que peguei na geladeira. A hora que eu acabar de ler, vou pegar outro”, relatou a estudante.

Ampliação

Marcelo também disse que espera ampliar o projeto em breve, instalando outra  Geloteca. “Eu já ganhei outra geladeira de uma amiga e pretendo colocá-la na UPA do Valle Verde para que os pacientes tenham como se entreterem enquanto aguardam o atendimento. Mas para colocar a ideia em prática preciso da autorização da prefeitura. Espero que isso aconteça logo”, concluiu.

O taxista ressalta que, quem tiver livros em casa e não tiver como levar até a Praça, ele pode buscar. É só ligar no fone (16) 997833470.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos