Select Page

FISA abre negociação para retornar à FACIRA



A presidente da entidade, Rosana Coelho, está em tratativas com a Administração Municipal

FISA abre negociação para  retornar à FACIRA

Rita Alves

A presidente do Fundo das Instituições Sociais de Araraquara (FISA), Rosana Coelho, esteve na redação do jornal O Imparcial nessa terça-feira (4) onde informou que está em tratativas com a Administração Municipal para que as entidades que integram o fundo participem da FACIRA 2019.

Rosana explica que está reformulando a instituição para o próximo ano e apresentará, ainda em dezembro, projeto ao vice-prefeito e Secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, que trata das condições de participação na feira.

Entre a proposta do FISA está a participação de cada entidade na Praça da Alimentação e também ter estande na parte de expositores. “Nós temos instituições sociais na cidade que não são conhecidas. É muito importante termos a consciência que o Terceiro Setor chega onde o Poder Público muitas vezes não consegue, por isso, precisamos valorizar e divulgar cada vez mais os trabalhos de nossas entidades”.

De acordo com Damiano Neto, ele aguarda o projeto do FISA para entender a proposta e analisar as melhores condições para que a parceria aconteça. “Acreditamos ser importante apoiar o FISA e todas as entidades do Terceiro Setor de Araraquara, por isso, enfatizo que a Secretaria estará sempre à disposição para ajudá-los. Analisaremos o projeto que será apresentado e veremos a viabilidade”.

Damiano informou que mesmo não havendo a participação direta do FISA na FACIRA deste ano, foi possível repassar R$ 595,00 para cada entidade. Somando o FISA e as instituições ligadas ao Fundo Social de Solidariedade, totalizaram 31. Este recurso foi parte dos aluguéis de Food Truck da praça de alimentação da FACIRA 2018.

FISA

O Fundo das Instituições de Araraquara iniciou seu trabalho em 1984 e, atualmente, há 12 entidades participantes: Banco cadeira de rodas; Banco de óculos; Banco de fraldas; Rotary Clube Araraquara; Rotary Oeste; Grupo Viva; Comunidade Shalom; Gaspar; Casa Mater; Centro Espírita Aprendizes do Evangelho; Associação Kibutz e Tabernáculo de Adoração.

A função do Fundo é ser uma ponte de comunicação entre as entidades e o Poder Público, como também ajudar na interação entre as instituições. Rosana explica que o FISA recebe qualquer tipo de doação como alimentos, móveis e mão-de-obra. Ela acrescenta que nestes 34 anos de atuação, o FISA ficou parado durante quatro anos, na gestão do, então, prefeito Marcelo Barbieri. “Nos quatro anos da gestão do prefeito Marcelo Barbieri, não só o FISA, mas, o trabalho de todas as entidades da cidade foi comprometido por falta de incentivo ao social”.

A presidente ressalta, ainda, que foi na gestão de Barbieri que as cozinhas utilizadas pelo FISA no pavilhão lateral do CEAR foram desmontadas. “As instituições tinham seus espaços com geladeira e fogão. Tudo foi desmontado e até hoje não sabemos o paradeiro destes utensílios”.

Neste ano o fundo recebeu uma sede da Prefeitura onde será feita manutenção e utilizada a partir de 2019.

Campanhas

Entre as campanhas lideradas pelo FISA, estão: Campanha do Lacre, em parceria com todos os Rotarys de Araraquara, Prefeitura e Câmara, onde lacres de latas são recolhidos e trocados por cadeiras de rodas. Segundo Rosana, de agosto deste ano até novembro foram disponibilizadas 15 cadeiras, através desta ação. Outra iniciativa é a Campanha das Tampinhas de Plásticos que são trocadas por fraldas geriátricas e leite especial.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Arquivos