Select Page

Faturamento do varejo na região de Araraquara encerra 2018 com alta de 5,8%



O comércio seguiu trajetória ascendente em 2018 e registrou em dezembro sua 35ª alta consecutiva

Faturamento do varejo na região de Araraquara encerra 2018 com alta de 5,8%

As vendas do comércio varejista na região de Araraquara atingiram R$1,92
bilhão em dezembro, com elevação de 5,1% em relação ao mesmo mês de 2017,
e alta de 5,8% no acumulado do ano. O comércio seguiu trajetória ascendente
em 2018 e registrou em dezembro sua 35ª alta consecutiva.

A análise realizada pelo Núcleo de Economia do Sindicato do Comércio Varejista
de Araraquara (Sincomercio) é feita a partir dos dados da Pesquisa Conjuntural
do Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PCCV), realizada pela
Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo
(FecomercioSP) com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado
de São Paulo (Sefaz-SP).

No comparativo anual, seis das nove atividades pesquisadas obtiveram
expansão em seu faturamento real em dezembro, com destaque para os setores
de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamento (23,5%); e
supermercados (7,5%).

Por outro lado, os segmentos que apresentaram contração em dezembro foram
o de móveis e decoração (-44,7%); e as lojas de vestuário, tecidos e calçados
(1,9%). Entretanto, as duas categorias exerceram pouco impacto no resultado
final das vendas, representando juntas cerca de 7,4% do faturamento total do
varejo.

De acordo com o Núcleo de Economia do Sincomercio, a trajetória de
crescimento do varejo local, que registrou em dezembro a maior receita mensal
de 2018, está relacionada sobretudo à consolidação de recuperação da crise
econômica ocorrida entre 2014 e 2016. A recuperação do emprego, as
consecutivas quedas nas taxas de juros das principais operações de crédito e o
êxito no controle da inflação incentivam as famílias a saldarem suas contas em
atraso, saindo do cadastro de inadimplentes, e a retomarem seus hábitos de
consumo.

Dessa forma, as expectativas para o crescimento do comércio varejista em 2019
são altas. Contudo, ainda existe a necessidade de cautela por parte do
empresariado, uma vez que o cenário político continua impactando em alguns
aspectos importantes, com a possibilidade de influenciar na alta do câmbio,
elevando o preço de alguns produtos e, por consequência, a inflação.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

Publicidade

Publicidade

Arquivos