Select Page

Edinho lança projetos para reforçar a Saúde

Câmara Municipal aprova abertura de mais R$ 11,6 milhões em créditos adicionais

• José A C Silva

O prefeito Edinho Silva (PT) criticou a gestão passada de Marcelo Barbieri (PMDB), em relação às dívidas deixadas ao município. Outros pontos que foram motivos de contendas que voltaram à tona, dizem respeito à maternidade Gota de Leite e ao antigo Pronto Socorro do Melhado.

No primeiro café com a imprensa, Edinho disse que sai mais barato encaminhar a gestante para o Albert Einstein do que fazer os procedimentos na maternidade local – Edinho na sua gestão passada desativou a Gota. Ainda na área da saúde, em campanha, prometeu reativar o antigo Pronto Socorro, onde esteve na última quarta-feira com dois engenheiros visitando o prédio e estudando uma possível reabertura – O ex-prefeito Barbieri desativou o PS do Melhado.

A atual gestão conta com três Upas, anteriormente estava difícil tocar duas, agora também se pretende reabrir o mini hospital do Melhado e trazer novos investimentos para a excelente maternidade.

Para uma cidade que não tem dinheiro, parece que as coisas estão caminhando bem. Na sessão da Câmara Municipal desta semana foram aprovados mais 15 projetos de autoria da Prefeitura, sendo nove referentes à abertura de créditos adicionais especiais, totalizando R$ 11.653.160,78.

Créditos abertos

Os créditos adicionais especiais estão divididos da seguinte maneira:

· R$ 3.011,49 para aquisição de balanças a serem utilizadas no Programa de Alimentação e Nutrição, através do Programa de Assistência Básica de Saúde.

· R$ 94.647,15 para aquisição de equipamentos e materiais permanentes para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

· R$ 867.349,34 para aquisição de equipamentos e materiais permanentes e futura ampliação das instalações do Centro Especializado em Reabilitação (CER).

· R$ 318.069,21 para manutenção do Programa de Alimentação e Nutrição, através do Programa de Assistência Básica de Saúde.

· R$ 903.900,59 para aquisição de equipamentos e materiais permanentes para estruturação da Rede Básica de Saúde.

· R$ 123.263,69 para atender às despesas decorrentes de contratos de terceirização, compreendendo os serviços de limpeza predial executados na Casa Transitória.

· R$ 80.000,00 para manutenção dos serviços das unidades descentralizadas (PAIF – Programa de Atenção Integral à Família), que têm por objetivo implementar políticas de assistência social para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

· R$ 43.560,00 para pagamento dos servidores municipais que trabalharam na campanha “Todos juntos contra o Aedes aegypti”.

· R$ 9.219.359,31 para as despesas de contratos de terceirização de serviços de limpeza predial nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde; serviços nas unidades escolares da educação infantil; auxílio-transporte para os funcionários da Prefeitura do Município de Araraquara; aquisição de materiais e contratação de empresa especializada em serviços de conservação de pavimentos viários; e manutenção e serviços nos cemitérios municipais.

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos