Selecione a página

Defesa Civil intensifica combate às queimadas na área urbana

Soltar balão é crime e pode causar incêndios gravíssimos

A queimada urbana é proibida pela legislação federal e pelo Código de Posturas do municípioA campanha de conscientização contra as queimadas urbanas desenvolvida pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal do Meio Ambiente já contabiliza os primeiros resultados em Araraquara. Segundo o coordenador executivo da Defesa Civil, Edson Adalberto Alves, o mês de maio apresentou redução em algumas estatísticas em relação ao mesmo período de 2010.

Edson diz que, em maio, foram registradas 38 queimadas em terrenos baldios; em 2010 foram 40. Já em relação a fogo em mata foram nove ocorrências contra 15 no ano anterior.

Ainda de acordo com Edson Alves, o único dado que apresentou aumento foi o referente a terrenos com mato alto. “A fiscalização foi intensificada, estamos conseguindo atingir mais pontos, pois contamos também com a viatura da Guarda Civil Ambiental”, disse.

Atenção especial tem sido dada aos bairros Maria Luiza, Hortênsias, Jardim Del Rey e Cruzeiro do Sul, estatisticamente os mais afetados pelas queimadas. Entretanto, Edson reforça que os bairros da região do Vale do Sol receberão reforço, pois têm apresentado grande incidência de focos de incêndio.

Durante a campanha, que segue até agosto, são distribuídos panfletos explicativos sobre as conseqüências das queimadas para a saúde da população e os danos ao meio ambiente. “A campanha visa à prevenção, orientando a população como não provocar queimadas e denunciar os autores de incêndios”, comentou Edson.

Balões

Os meses de junho e julho merecem cuidado redobrado em razão de balões e fogueiras, característicos das festas juninas. “Soltar balão é crime e pode causar incêndios gravíssimos. O Corpo de Bombeiros intensifica o combate a essa prática neste período”, explicou o coordenador.

A queimada urbana é proibida pela legislação federal e pelo Código de Posturas do município. Se o crime for considerado culposo, a detenção é de seis meses a um ano, além de multa.

As denúncias contra incêndios urbanos ou rurais podem ser feitas na Secretaria de Meio Ambiente, pelo telefone (16) 3301-9000; na Defesa Civil, telefone 199; ou Polícia Militar, número 190.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade