Select Page

Construtoras paralisam obras por falta de pagamentos de funcionários

Obra da Gota de Leite continua paralisada, sendo que a Sinai paralisou obras em outras cidades tambémRedação

Obras contratadas por cinco prefeituras do interior de São Paulo estão paradas. Algumas sem previsão para recomeço, sendo que a empresa responsável abandonou as construções sem aviso prévio.

Em Araras, a construção de dois galpões para guardar máquinas ainda não começou. A reforma da central de abastecimento quase terminou e as obras da creche da Vila Dona Rosa ficou pela metade. A prefeitura teve que tomar algumas providências e correr atrás da empresa que simplesmente desapareceu. Ontem Walter Miranda, recebeu um telefonema da CPS – Conlutas (Central Sindical Popular) de Araras pedindo informações sobre a C.R.Pereira Construtora LTDA. Os funcionários revoltados procuraram a Conlutas, tentando uma solução par o recebimento do trabalho. Outro fator que preocupa os funcionários da construtora é se continuarão na obra.

Os contratos com a empresa somam mais de R$ 2 milhões e o município repassou aproximadamente R$ 750 mil, valor proporcional ao que efetivamente foi feito. O problema é que a paralisação pode gerar atrasos na programação de obras.

A creche que ficaria pronta em junho, agora será entregue em agosto no mínimo. Ela terá a capacidade para receber 240 crianças.

Construtora Sinai
O mesmo nome fantasia usado em Araraquara foi notificada pela prefeitura de Araras. Não foi estabelecido um prazo para ela retomar as obras, que se encerrou na última terça-feira (12), o segundo e o terceiro colocado do certame poderá retomar a obra para conclusão.

A empresa pode sofrer multas. Em Araras o valor pode chegar a R$ 100 mil. Inabilitando a empresa a participar de outras licitações

Região
A Prefeitura de Araraquara começou a convocar nesta semana outras empresas. A C.R.PEREIRA. Construtora LTDA. abandonou sete obras na cidade, entre elas a ampliação da maternidade Gota de Leite.Os prazos de conclusão das obras também estão sendo revistos.

A empresa também abandonou as obras de uma creche em Conchal. A prefeitura publicou nesta segunda a convocação da segunda colocada na licitação.

Também foram abandonadas duas construções em Ibaté. Em uma delas, a segunda empresa que participou da licitação vai terminar o trabalho.

Já em São Carlos, são duas obras inacabadas. Nesta semana em Araraquara, a Elgel Eletricidade e Engenharia LTDA., também não pagou funcionários estando atrasado o pagamento em 2 meses. O secretário da Educação, Nino Mengatti, falou que a obra não vai ser paralisada. (Fonte: EPTV).

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos