Selecione a página

Conferência debate implementação de políticas sobre drogas na cidade

Com palestra do professor-doutor Murilo Campos Battisti, presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned-SP), a Prefeitura realiza nesta sexta-feira (9), a partir das 8h, no Cefor (Centro Formador de Pessoal para a Saúde), por meio da Secretaria de Planejamento e Participação Popular, a 1ª Conferência Municipal sobre Políticas de Drogas de Araraquara. “Os participantes […]

Conferência debate implementação  de políticas sobre drogas na cidade
Evento aberto ao público de Araraquara terá foco na Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social Com palestra do professor-doutor Murilo Campos Battisti, presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned-SP), a Prefeitura realiza nesta sexta-feira (9), a partir das 8h, no Cefor (Centro Formador de Pessoal para a Saúde), por meio da Secretaria de Planejamento e Participação Popular, a 1ª Conferência Municipal sobre Políticas de Drogas de Araraquara.

Aberto ao público em geral, com foco nos setores de Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social, e sob o tema “Araraquara 200 anos: Construindo as Políticas sobre drogas”, o evento tem como principal objetivo elaborar um plano municipal de ações, segundo o presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, Ari Silva Simões Braga.

“Os participantes da Conferência poderão sugerir as ações que deverão ser implementadas no município nos próximos quatro anos, que após análise da Prefeitura, serão enviadas como proposta para aprovação da Câmara Municipal”, explica Ari.

Além da palestra, a Conferência debaterá vários eixos, como a prevenção ao uso de drogas, o tratamento ao dependente e sua reinserção na sociedade, além da redução de oferta e de danos.

“São questões básicas, que visam prevenir o consumo de drogas ilícitas (como crack, maconha e cocaína) e lícitas, que envolvem bebidas alcoólicas e cigarro”, reitera Ari Silva.

Recuperação

Ari acrescenta ser o álcool hoje a principal porta de entrada para as outras drogas. “E quando é constatada a dependência, existe a necessidade do tratamento, que pode ser feito em clínicas especializadas ou com atividades terapêuticas”.

O presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas enfatiza que mais importante que se livrar das drogas é a reinserção do recuperado, para que ele volte a ter uma vida normal na sociedade.

Segundo o coordenador executivo de Participação Popular, Alcindo Sabino, a partir desta Conferência, o governo do prefeito Edinho projeta construir um posicionamento das comunidades que enfrentam o conflito das drogas para que sejam implementadas as políticas públicas no setor.

O Cefor está localizado na Avenida Martinho Gerard Rolfsen, número 827, na região do bairro do Carmo.

Conferência debate implementação de políticas sobre drogas na cidade

Evento aberto ao público de Araraquara terá foco na Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social

O professor-doutor Murilo Campos Battisti será um dos palestrantesCom palestra do professor-doutor Murilo Campos Battisti, presidente do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Coned-SP), a Prefeitura realiza nesta sexta-feira (9), a partir das 8h, no Cefor(Centro Formador de Pessoal para a Saúde), por meio da Secretaria de Planejamento e Participação Popular, a 1ª Conferência Municipal sobre Políticas de Drogas de Araraquara.

Aberto ao público em geral, com foco nos setores de Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social, e sob o tema “Araraquara 200 anos: Construindo as Políticas sobre drogas”, o evento tem como principal objetivo elaborar um plano municipal de ações, segundo o presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas, Ari Silva Simões Braga.

“Os participantes da Conferência poderão sugerir as ações que deverão ser implementadas no município nos próximos quatro anos, que após análise da Prefeitura, serão enviadas como proposta para aprovação da Câmara Municipal”, explica Ari.

Além da palestra, a Conferência debaterá vários eixos, como a prevenção ao uso de drogas, o tratamento ao dependente e sua reinserção na sociedade, além da redução de oferta e de danos.

“São questões básicas, que visam prevenir o consumo de drogas ilícitas (como crack, maconha e cocaína) e lícitas, que envolvem bebidas alcoólicas e cigarro”, reitera Ari Silva.

Recuperação

Ari acrescenta ser o álcool hoje a principal porta de entrada para as outras drogas. “E quando é constatada a dependência, existe a necessidade do tratamento, que pode ser feito em clínicas especializadas ou com atividades terapêuticas”.

O presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas enfatiza que mais importante que se livrar das drogas é a reinserção do recuperado, para que ele volte a ter uma vida normal na sociedade.

Segundo o coordenador executivo de Participação Popular, Alcindo Sabino, a partir desta Conferência, o governo do prefeito Edinho projeta construir um posicionamento das comunidades que enfrentam o conflito das drogas para que sejam implementadas as políticas públicas no setor.

O Cefor está localizado naAvenida Martinho Gerard Rolfsen, número 827, na região do bairro do Carmo.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade