Selecione a página

Chegou a primeira parcela do Ministério da Saúde para a construção do Centro de Reabilitação

“A nova unidade é resultado de um longo esforço de Garlippe e sua equipe”

Da redação

Após denuncias feitas por por Gabriela Palambo (PT) a atual gestão junto ao Ministério da Saúde consegue repasse de verba para construção do Centro de Reabilitação.A Prefeitura de Araraquara recebeu nesta quarta-feira (2) a primeira parcela do Ministério da Saúde para a construção do Centro Especializado de Reabilitação (CER), que será edificado próximo ao Centralizado Municipal.O valor repassado, de R$ 375 mil, refere-se aos dez por cento do total de R$ 3,750 milhões, que serão utilizados para a construção do espaço, que terá cerca de 1.500 m². O Governo Federal também irá repassar R$ 1,5 milhão para os equipamentos e R$ 200 mil mensais para o custeio do serviço. As obras devem começar até julho deste ano.Araraquara foi uma das cinco cidades paulistas contempladas pela Rede de Cuidado à Pessoa com Deficiência dos SUS, devido ao projeto apresentado pelo gerente de Reabilitação da Secretaria da Saúde, Luis Armando Garlippe, e também pelo reconhecimento aos serviços realizados no município.Segundo o gerente, o Centro que será construído em Araraquara é de porte 3, e irá prestar serviços de reabilitação física, auditiva e intelectual. Os pacientes terão à disposição médicos ortopedistas, neurologistas e otorrinolaringologistas.A nova unidade também contará com equipes multidisciplinares compostas por psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, entre outros.“O novo Centro significa um ganho de qualidade no serviço desenvolvido em Araraquara. Nossos pacientes serão atendidos por equipes multidisciplinares e terão acesso a uma estrutura de atendimento compatível à oferecida em países desenvolvidos”, destacou Garlippe.O Centro irá reunir os serviços das três unidades de reabilitação de Araraquara, que são: o Centro Integrado de Saúde Auditiva (CISA); o Centro de Diagnóstico e Intervenção Precoce (CDIP) e o Serviço de Atenção em Reabilitação de Araraquara (SARA).Segundo o prefeito Marcelo Barbieri, a nova unidade é resultado de um longo esforço de Garlippe e sua equipe, e do trabalho sério realizado pela Secretaria da Saúde, comandada pelo médico Wilson Aravechia. “A equipe de profissionais que cuida da área de reabilitação no município fez um trabalho exemplar e, por isso, a população de Araraquara será beneficiada com mais esse serviço na saúde pública. Vamos oferecer uma excelente estrutura para os pacientes da nossa cidade e região”, enfatizou o prefeito.Além de Araraquara, também serão atendidos pelo Centro pacientes de Américo Brasiliense, Boa Esperança do Sul, Gavião Peixoto, Motuca, Rincão, Trabiju e Santa Lucia.Garlippe afirma que serão atendidos de 3 a 4 mil pacientes por mês.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade