Selecione a página

Campanha de doação de medula óssea será realizada neste sábado no Shopping Jaraguá

Qualquer pessoa saudável e com idade entre 18 e 54 anos pode se candidatar à doação de medula óssea

Célia Pires

Neste sábado, 18, das 10 às 15 horas, a Assembleia Estrelas de Ísis nº32 da Ordem Internacional do Arco-íris para Meninas, criada pela Maçonaria, há dois anos, realiza em parceria com o Shopping Jaraguá, a campanha de doação de medula óssea. No dia, o Hemocentro de Ribeirão Preto estará cadastrando os doadores com idade entre 18 e 54 anos e retirando sangue periférico, ou seja, será coletada uma amostra de 5 ml de sangue para o teste de tipagem, que verifica a compatibilidade do doador com um eventual receptor. É importante levar o RG e o cartão do Sistema Único de Saúde – SUS (se não tiver, não há problema).
As meninas da Ordem Internacional contam que sempre realizam ações voltadas para a filantropia.
A hematologista Dra. Cibele Repele Duch explica que qualquer pessoa saudável e com idade entre 18 e 54 anos pode se candidatar à doação de medula óssea. “A intenção é que o Cadastro Nacional de Doadores de Medula Óssea seja ampliado. O cadastro único está em rede com o cadastro de receptores de medula óssea para beneficiar pacientes que têm doenças que precisam ser tratadas com transplantes de medula óssea, mas que não têm doadores compatíveis aparentados, pois, primeiro se procura na família, depois não tendo, se amplia essa pesquisa para doadores não aparentados. Agora ninguém vai doar medula. A pessoa vai fazer o cadastro e tirar sangue periférico. Somente vai doar se tiver alguém que precise, que seja compatível”.
A médica ainda ressalta que esse cadastro se comunica com cadastros de outros países, para se ampliar as chances de se encontrar um doador, mas que é importante frisar que as características genéticas são peculiares a cada povo, portanto é mais fácil encontrar doador para um paciente brasileiro aqui no Brasil, europeu na Europa e assim por diante. “Quanto maior o número de possíveis doadores cadastrados maior a chance daquele paciente que está esperando uma oportunidade”.

Confusão
Segundo Dra. Cibele, ainda existe certa confusão quando se diz medula óssea e quando se fala em sua doação. “Primeiro se confunde com medula espinhal. Médula Óssea não é um órgão. É um tecido grande que fica dentro dos ossos de nosso corpo inteiro, qualquer interior de osso tem medula óssea. Então, quando a gente doa medula óssea, doamos esse tecido que tem capacidade de se regenerar no corpo de outra pessoa, ou seja, não vai faltar para a pessoa. Por não ser um órgão sólido você não retira um pedaço da pessoa”
A hematologista enfatiza que há duas técnicas, uma por pulsão e aspiração do interior do osso, mas a mais utilizada é por aférese, onde é colocado um catéter no doador por onde vai sair o sangue que passa numa máquina que vai colher somente a célula-tronco, a célula mãe, mais conhecida como medula óssea. E o restante do sangue volta para o paciente. O transplante em si é pegar essas células e infundir no receptor.
O transplante de medula óssea é indicado para pacientes com leucemia, linfomas, anemias graves, imunodeficiências e outras 70 doenças relacionadas ao sistema sanguíneo e imunológico.
Estiveram presente à redação do jornal, além da Dra. Cibele, Ingrid Dias (Fé), Nathalia Galeazzi (ilustre preceptora adjunta), Bruna Baú (Imortalidade) e Isabella Veiga Penteado, ilustre preceptora (líder) do grupo e da ‘mãe conselheira’ Sérgia Cristina Haddad Mota.

Dados
De acordo com o INCA, Instituto Nacional do Câncer, que fica no Rio de Janeiro,em 2000 eram 12 mil inscritos. Na época, apenas 10% dos transplantes realizados no Brasil eram de doadores brasileiros. Em 2013 mais de três milhões e o percentual de doação de brasileiros para brasileiros subiu para 70%. Nesse universo, o Brasil é o terceiro maior banco de medula ficando atrás dos Estados Unidos e Alemanha.
De acordo com a médica, há um paciente de Araraquara que atualmente está no serviço de Jaú transplantando. Ele já foi condicionado, está recebendo e está aguardando o período e um outro morador da cidade que está atualmente na Santa Casa, portador de Leucemia Mieloide Aguda que não tem doadores compatíveis na família e esta em pesquisa no Redome (registro de doadores).
O vídeo ‘Seja um doador de Medula Óssea’ criado por Tiago Kuurtz sobre a campanha pode ser visto no endereço http://goo.gl/jgX6HP. Mais detalhes sobre a campanha e sobre como doar podem ser obtidos pelo Facebook, no endereço http://goo.gl/KsFGpH.
Outubro Rosa acontece neste sábado na praça de Santa Cruz
Com o objetivo de conscientizar a população sobre a prevenção do câncer de mama, neste sábado acontece na praça da igreja de Santa Cruz, das 9 da manhã ao meio dia, o evento Outubro Rosa. A realização é do Cebrac. Trata-se de um evento gratuito onde as participantes receberão orientação sobre a importância do auto exame das mamas, orientação nutricional e também poderão aferir a pressão arterial.
Informações: 3311-0000.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade