Selecione a página

Câmara aprova projeto sobre primeiros socorros em unidades de ensino

Pais de vítima de engasgamento ocuparam a Tribuna Popular para apoiarem o projeto


Os pais de João Vitor defenderam o projeto na Tribuna PopularNa Sessão Ordinária, realizada na terça-feira (27), os vereadores aprovaram oProjeto da Prefeitura que dispõe sobre o oferecimento de cursos de primeiros socorros pelas unidades de ensino das redes pública e privada do município. O projeto foi uma iniciativa do vereador Edson Hel e foi motivado pela tragédia da família de um garoto, morto em decorrência de engasgamento com um morango, em uma escola na cidade. Os pais da vítima João Guirelli Junior e sua esposa, Cláudia Carlton Prado, ocuparam a Tribuna Popular para defender o Projeto de Lei nº 038/18, indicado ao Executivo pelo vereador Edson Hel (PPS).

O Projeto de Lei determina a obrigatoriedade de as unidades de ensino públicas e privadas do Município fornecerem cursos de primeiros socorros aos seus educadores, e cria um selo para as escolas que se adequarem à nova obrigação. A propositura também determina a aplicação das penalidades de advertência, multa e cassação de alvará das unidades escolares que não se adequarem às novas obrigações.

Vítima tinha dois anos

Antes de fazer a indicação ao Poder Executivo, Hel manteve contato com o casal, que viveu uma tragédia na família, após um acidente com o filho de 2 anos. O menino morreu depois de se engasgar com um morango, na escolinha. “Quando fui informado do caso, no desespero, cheguei antes do Resgate no Pronto Socorro. Vi meu filhinho sendo reanimado na porta da unidade médica, na chegada da ambulância. Pela minha experiência, quando minha mulher chegou, eu disse: Ou ele vai ficar com sérias sequelas ou vai morrer”, lembrou Guirelli, com a voz embargada.

Contou todo o drama da espera, até serem informados que o pior tinha acontecido. “Naquele momento eu não pude fazer nada. E vocês não imaginam o quanto eu e minha esposa temos sofrido, mas hoje, com o apoio dos senhores vereadores teremos a possibilidade de proteger nossas crianças. O que aconteceu com meu filho servirá de exemplo. Com a aprovação da Lei, muitas crianças poderão ser salvas”, completou.

Digam que amam seus filhos

O Projeto de Lei faz uma homenagem ao garoto João Vitor Prado Guirelli, dando seu nome ao selo que será entregue às escolas. Claudia, mãe de João Vitor, trouxe seu apoio à propositura. “Não quero que nenhum pai passe o que estou passando. A dor é indescritível”, disse, salientando que seu filho deixa um grande recado através do Projeto. “Digam que amam os seus filhos, hoje, pois não sabemos do dia amanhã. O futuro pertence ao criador”, encerrou, com os olhos marejados.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade