Select Page

Baratas, pombas e gatos no cemitério



Gata pariu dentro de uma sepultura no Cemitério São Bento

José A.C. Silva

Texto e fotos

O Cemitério São Bento, localizado no centro da cidade, recentemente teve o Velório Municipal reformado pela prefeitura, tendo outros agravantes como pombos e gatos em excesso povoando o cemitério, vazando a informação de que a prefeitura estaria colocando armadilhas para pegar os gatos.

Representantes de entidades e defensores de animais já estão contestando a medida que ainda não foi aplicada, querendo maiores informações do vai acontecer com os gatos.

A preocupação de outros são as baratas, que são atraídas pela comida dada aos gatos, geralmente por pessoas que fazem limpeza de túmulos, sendo também os insetos devorados pelos felinos virando uma verdadeira selva amazônica, atraindo também uma enorme quantidade de pombos, podendo levar doenças à população.

A reportagem esteve no local ontem e constatou gatas parindo dentro das sepulturas. O telhado da capela no meio do cemitério também é propenso para a reprodução de pombos, tornando delicada a situação, se o prefeito agradar os protetores de animais irá desagradar à outra parte, que não aguenta mais baratas, pombos e gatos.

Um dos coveiros disse que toda vez que é aberta uma cova, sai uma quantidade enorme de baratas, não tendo como conter, imperando a lei da sobrevivência também no São Bento. Segundo informações os gatos deverão ser castrados.

Últimos Vídeos

Loading...

Charge do Dia

  • Charge – Bom

Publicidade

Publicidade

Arquivos