Selecione a página

Bancada do PSDB na Câmara cobra providência para problemas no TCI

Alvo de assaltos a passageiros e comerciantes do local, invasão e furto a lojas, consumo e tráfico de drogas, vandalismo, prostituição, atos de violência, problemas com a estrutura dos banheiros, falta de torneiras e água, lâmpadas queimadas e retirada das câmeras de segurança, o Terminal Central de Integração, no centro da cidade de Araraquara. Por […]

Pelo Terminal Central de Integração passam entre 15 e 20 mil passageiros por dia, além dos comerciantes



Alvo de assaltos a passageiros e comerciantes do local, invasão e furto a lojas, consumo e tráfico de drogas, vandalismo, prostituição, atos de violência, problemas com a estrutura dos banheiros, falta de torneiras e água, lâmpadas queimadas e retirada das câmeras de segurança, o Terminal Central de Integração, no centro da cidade de Araraquara. Por conta desses e outros problemas, a bancada do PSDB na Câmara apresentou requerimento, na Sessão Ordinária de terça-feira (10), pedindo informações à Prefeitura sobre providências para a solução desses problemas relatados diariamente pelos cidadãos que passam pelo local.

Os vereadores Jeferson Yashuda Farmacêutico, José Carlos Porsani, Rafael de Angeli e Dr. Elton Negrini pedem várias informações, como o valor da receita deixada pelo governo anterior, o valor repassado pelo consórcio de transporte público, onde tem sido aplicado este dinheiro, sobre a estrutura administrativa da Controladoria de Transportes do Município e os funcionários que fiscalizam e executam os serviços. Eles pedem, ainda, informações sobre a previsão de abertura de concurso público para ocupar as vagas na estrutura administrativa, valor arrecadado com os aluguéis dos espaços no Terminal Central de Integração, como é feito o controle de rodízio das feiras de produtor dentro do TCI e quais as providências tomadas quanto à segurança e o bem-estar da população e dos empresários que ali estão instalados.

Medidas apresentadas em reunião ainda não foram tomadas

No documento os vereadores destacam que recentemente participaram de reunião com a diretoria da Controladoria dos Transportes e mais de uma dezena de comerciantes do terminal, quando foram anunciadas algumas medidas que, porém, ainda não foram tomadas, mantendo a situação da mesma forma como era antes. Os vereadores lembraram ainda no pedido, que ficou estabelecido na criação da Controladoria dos Transportes, administrar e manter os terminais de integração de transporte coletivo urbano, com o dinheiro arrecadado com a locação dos espaços comerciais do local, além da verba mensal repassada pelas empresas que prestam o serviço de transporte coletivo na cidade e que formam o Consórcio Araraquara de Transportes, como previsto no contrato.

Pelo Terminal Central de Integração passam durante a semana, entre 15 e 20 mil pessoas por dia, que fazem a integração com os ônibus que chegam e partem de todas as regiões da cidade. No local há ainda espaços comerciais, onde funcionam lojas, como sapataria, farmácia, padaria solidária, feira do produtor dos assentamentos, lanchonete, presentes e outras lojas. Recentemente, até mesmo um quiosque foi queimado por vândalos, que invadiram o local na madrugada. Atos de violência tem ocorrido em plena luz do dia, deixando inseguras as pessoas que passam ou trabalham no local. Isso afasta usuários e prejudica também as empresas que fazem o transporte coletivo de passageiros. Os vereadores aguardam para breve as respostas para os questionamentos e a solução rápida dos problemas.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade