Selecione a página

Água suja despejada pela Paraty incomoda moradores do Jardim Tamoio há anos

Empresa de ônibus diz que água que escorre para um buraco do lado de fora do muro é decorrente da limpeza do pátio

Água suja despejada pela Paraty incomoda moradores do Jardim Tamoio há anos

Da redação

Moradores do bairro Jardim Tamoio fizeram uma denúncia à redação do O Imparcial relatando que há cerca de 10 anos a garagem da Viação Paraty, que fica localizada no bairro às margens da rodovia Washington Luís (SP-310), elimina resíduos de lavagem de ônibus contento produtos químicos e oleosos por uma canaleta de concreto, que atravessa o muro e desemboca em um buraco na terra, podendo causar impacto ambiental. A reportagem foi conferir e realmente há água escura e com mau cheiro.

Problema antigo

O aposentado Lício Marine, de 78 anos, que mora próximo da empresa há cerca de 40 anos, relatou à reportagem que convive com essa água suja há 10 anos e, até hoje nada foi feito. Outro morador do bairro disse que usa a água para regar as árvores que existem em uma área de mata localizada nos fundos da empresa. Ele relatou que sempre que há reclamações contra a empresa, eles corrigem rapidamente.

Água acumulada

Vale ressaltar que oficinas mecânicas e lava jatos têm tomado pesadas multas, quando não constroem a caixa separadora de água e óleo para conseguirem retirar a certificação. Esse tipo de documentação é dado pela Gerência de Licenciamento Ambiental do DAAE. Como nessa segunda-feira (2) não houve expediente público, devido ao jogo do Brasil, não conseguimos falar com a prefeitura.
Para não contaminar o lençol freático é importante que onde haja graxa e óleo as empresas devem escoar para um compartimento fechado, sem contato com o chão e, consequentemente, todo esse resíduo colocado cuidadosamente em um tonel e retirado por empresa competente. É necessário, no entanto, que a empresa contratada para esta coleta seja licenciada pela CETESB e pela ANP, e que no ato da retirada do material emita o Certificado de Coleta de Óleo.
Em nosso país a legislação ambiental é aplicada com rigor e as sanções são pesadas. A fiscalização ambiental é bastante rigorosa.

A empresa possui caixa separadora de resíduos

Licença

Em nota, a Viação Paraty explica que a empresa possui licença de operação junto à CETESB e junto à Secretaria Municipal do Meio Ambiente. “Possuímos caixa separadora em nossas instalações localizadas no Jardim Tamoio. A canaleta existente é para destinação de água fluvial e escoamento da água utilizada para limpeza do piso predial (com exceção do piso da área de limpeza). A área de limpeza dos ônibus possuem canaletas devidamente regularizadas que escoam a água utilizada na limpeza dos ônibus para a caixa separadora.

Esclarecemos, por necessário, que trata-se de local onde é realizado também o escoamento das águas da Rodovia Washington Luiz, existente na lateral da empresa pertencente à Rodovia, anexa.

Fotos : Jornal O Imparcial

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade