Select Page

Sesc traz rodas de samba e muitos bambas

Sesc traz rodas de samba e muitos bambas

As rodas de samba foram um dos espaços onde o samba floresceu e continua a se reinventar. Aos domingos de agosto, o Sesc Araraquara apresenta rodas que procuram mostrar toda a diversidade que veio dos quintais e tomou conta do samba brasileiro. E para preservar esse clima, todos os encontros serão realizados no estacionamento, às 16 horas, com entrada gratuita para toda a comunidade.
Quem abre a programação no próximo domingo (5) é a Batucada do Instituto, um dos elementos culturais do Instituto do Samba de São Mateus, em São Paulo, que tem por finalidade fomentar a cultura de matriz africana, resgatando a memória musical e histórica do samba.  Nessa roda o convidado é Noca da Portela, grande compositor com sambas consagrados como “É Preciso Muito Amor” e de sambas-enredos da Portela como “Recordar é Viver” e “Gosto que me enrosco”.
Formada por músicos e compositores oriundos da periferia da cidade, a roda de samba da Batucada do Instituto tem como inspirações os famosos quintais das matriarcas das família negras, que eram cedidos para realização de grandes encontros de samba e que também tinha por finalidade fornecer um local seguro, protegendo assim seus amigos e familiares. Já passaram pelo Instituto renomados sambistas, como Carlão do Peruche, Dadinho, Duda Ribeiro, Graça Braga, Yara Rocha e Zé Luís do Império Serrano.

Instituto de Tradição e Memória do Samba de São Mateus
Idealizado por Yvison Pessoa, o Instituto se materializou fisicamente em 2016, pois era notória a necessidade de um local onde preservasse as tradições culturais brasileiras, principalmente àquelas de origem africana, São Mateus foi o lugar escolhido, primeiramente por ser um reduto do samba paulistano desde a década de 70, com os famosos quintais que eram pontos de encontro para a reverenciação desse ritmo e segundo por ser celeiro de grandes artistas. Esses locais eram frequentados por gente como Tia Cida, Rubão, Seu Jaú e tantos outros respeitados sambistas, foi ali que surgiu grandes grupos que mais tarde fizeram grande sucesso e que Yvison teve o prazer de participar, Berço do Samba e Quinteto em Branco e Preto foram os mais notórios. Apesar de ser voltado para o samba, o Instituto também possui um trabalho social importante na comunidade oferecendo aulas de Ballet, Violão, Dança e promovendo encontros de interesse geral para a comunidade, como campanhas de preservação à saúde e orientação à moradores de áreas de risco. Em parceria com a prefeitura promove também assistência aos idosos realizando festas, oficinas e a dança circular, que tem como objetivo a integração do idoso e a sua valorização social junto a comunidade.

Noca da Portela
Compositor e sambista, é hoje uma voz de relevância no mundo do samba, que representa uma geração de sambistas da mais alta qualidade. É considerado um dos bambas do samba carioca. Criado na Zona Norte, é um apaixonado por Madureira e pela águia azul e branca da Portela, escola de seu coração, à qual dedicou 42 dos seus 56 anos de samba. Sua extensa carreira como autor, gravado por grandes nomes da musica popular brasileira como Alcione, Beth Carvalho, Maria Bethania, Elizete Cardoso, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Almir Guineto, Zeca Pagodinho entre outros, totalizando mais 360 musicas gravadas.

Serviço
Batucada do Instituto convida Noca da Portela
Dia: 5/8, domingo
Horário: 16h
Local: Estacionamento do Sesc
Classificação: Livre
Grátis

Advertisement

Últimos Vídeos

Loading...

Arquivos