Selecione a página

Sesc recebe a itinerância da 8ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Filmes nacionais e internacionais abordam a relação do ser humano com o ambiente

Sesc recebe a itinerância da 8ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

De 1 a 29 de setembro, entram em cartaz no cinema do Sesc Araraquara os filmes que integram a programação da itinerância da 8ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, ciclo de produções nacionais e internacionais que abordam a relação do ser humano com o ambiente. A programação conta ainda com formação de educadores, rodas de conversa e debates, ampliando o espaço da reflexão sobre os temas socioambientais da atualidade.

A Ecofalante é uma organização não governamental que atua desde 2003 nas áreas de cultura, educação e sustentabilidade. Produzem filmes, documentários e programas de televisão, assim como ministram workshops e prestam consultorias a projetos nessas áreas. Atuam também na formação de professores, exibições e debates em escolas, universidades e aparelhos culturais. A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental é o evento audiovisual sul-americano mais importante dedicado a temas socioambientais.

Em Araraquara, a produção canadense ‘Superalimentos’ (2018) abre a programação da mostra nesta terça-feira (3), às 20 horas. Com direção de Ann Shin, o filme mostra como anualmente um novo “superalimento”, com propriedades nutricionais extraordinárias, é apresentado ao ocidente e explora os fatos e mitos por trás destes superalimentos. Revela o efeito cascata dessa indústria nas famílias de agricultores e pescadores mundo afora, explorando paisagens e povos da Bolívia, Etiópia e do arquipélago de Haida Gwaii, no Canadá. Divulga ainda os grandes problemas gerados pela globalização dos superalimentos, incluindo efeitos imprevistos na saúde, segurança alimentar, agricultura sustentável e nas práticas de comércio justo.Após a exibição haverá um bate-papo com a professora Denise Bertolini Chediek, nutricionista e mestra em alimentos, alimentação e nutrição pela Unesp.

No domingo (8), vai para a telona ‘Amazônia, o despertar da florestania’ (2018), um filme brasileiro de Christiane Torloni & Miguel Przewodowski. Com a proposta de abordar como o meio ambiente vem sendo tratado desde o início do século XX, a produção resgata personagens históricos e reúne depoimentos de representantes dos mais diversos segmentos ligados ao tema – a lista inclui indígenas, ambientalistas, jornalistas, artistas e intelectuais, entre outras pessoas que vêm lutando para preservar esse legado. A “Florestania”, palavra que sintetiza os conceitos de cidadania e direitos florestais, é o código genético de nossa identidade.

Todas as exibições são gratuitas e abertas ao público.

 

SERVIÇO
ITINERÂNCIA DA 8ª MOSTRA ECOFALANTE DE CINEMA AMBIENTAL
Teatro
Grátis
Retirada de ingressos com 1h de antecedência.

SUPERALIMENTOS
Dir. Ann Shin
Canadá, 2018, 70 min.
Dia 3, terça, às 20h. Classificação Livre.

AMAZÔNIA, O DESPERTAR DA FLORESTANIA
Dir. Christiane Torloni & Miguel Przewodowski
Brasil, 2018, 111 min.
Dia 8, domingo, às 14h.Classificação Livre.

Saiba mais: http://ecofalante.org.br/

OUTRAS EXIBIÇÕES
A INVENÇÃO DE HUGO CABRET
(EUA, 2012, 128 min, Dir. Martin Scorsese)
Paris, anos 30. Hugo Cabret é um órfão que vive escondido nas paredes da estação de trem. Ele guarda consigo um robô quebrado, deixado por seu pai. Um dia, ao fugir do inspetor, ele conhece Isabelle, uma jovem com quem faz amizade. Logo Hugo descobre que ela tem uma chave com o fecho em forma de coração, exatamente do mesmo tamanho da fechadura existente no robô. O robô volta então a funcionar, levando a dupla a tentar resolver um mistério mágico.
Dia 1º/9, domingo, às 14h .Teatro. Grátis.Classificação 10 anos.
Retirada de convites com 1h de antecedência.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade