Selecione a página

Rio Claro comemora centenário de Dalva de Oliveira

“Dalva de Oliveira foi uma cantora de notável fama, reconhecida no cenário musical nacional e internacional, daí a importância de lembrarmos sempre de sua obra, especialmente no ano em que comemoraria os seus 100 anos”, destaca Daniela Ferraz, secretária de Cultura. O festival é organizado pela prefeitura em parceria com a Vira Disco Produções. Roberto […]

O Casarão da Cultura recebe de quarta a sábado programação comemorativa aos 100 anos de nascimento da rio-clarense Dalva de Oliveira

Com programação especial, Rio Claro comemora o centenário da rio-clarense Vicentina de Paula Oliveira, a cantora Dalva de Oliveira que, no dia 5 de maio, completaria 100 anos. De voz afinada e bela, Dalva foi considerada a Rainha da Voz ou o rouxinol brasileiro e foi uma das Rainhas do Rádio, até hoje lembrada pelo mundo artístico como uma referência. Para celebrar a data, apresentações musicais, exposição fotográfica e bate-papo sobre a vida e obra da cantora serão realizados entre os dias 3 e 6 de maio, no Festival 100 anos Dalva de Oliveira. As atividades serão no Casarão da Cultura, sem cobrança de ingresso.

“Dalva de Oliveira foi uma cantora de notável fama, reconhecida no cenário musical nacional e internacional, daí a importância de lembrarmos sempre de sua obra, especialmente no ano em que comemoraria os seus 100 anos”, destaca Daniela Ferraz, secretária de Cultura. O festival é organizado pela prefeitura em parceria com a Vira Disco Produções.

A abertura do festival será na quarta-feira (3), às 19 horas, com apresentações musicais do Duo Viva Dalva – voz e piano e da Banda Estrela D’Alva. No dia 4 (quinta-feira), o Bate-papo cultural, às 19 horas, terá como tema a trajetória de Dalva de Oliveira, apresentada pela jornalista Thaís Matarazzo. Às 21 horas o Conjunto Choro Paulista se apresenta.

Roberto Seresteiro e Grupo Água de Vintém são as atrações no dia 5 (sexta-feira), às 20 horas. No mesmo dia, a Claretiana FM apresenta das 10 às 11 horas programação especial com músicas da cantora. No sábado (6) às 16 horas haverá roda de samba com o Núcleo de Samba Cupinzeiro e a partir das 21 horas tem início a apresentação que marca o encerramento do festival, com Seresteiros Regionais e o grupo de choro de músicos locais. A programação inclui ainda exposição fotográfica sobre a cantora.

Com apogeu artístico nas décadas de 30, 40 e 50, Dalva de Oliveira realizou mais de 400 gravações e sua voz está em vários coros de discos de Carmen Miranda, Orlando Silva, Francisco Alves, Mário Reis, entre outros. Muitos de seus sucessos foram regravados por grandes artistas, como Nelson Gonçalves, Maria Bethânia, seu filho Pery Ribeiro e Angela Maria. Mais de 40 anos depois, sucessos de Dalva continuam sendo regravados.

A rio-clarense também participou de filmes e, após sua morte na década de 70, teve sua obra e vida apresentadas no teatro e na televisão, como na minissérie Dalva e Herivelto, da Rede Globo.

O evento em Rio Claro conta com apoio das empresas Sustentare Saneamento, Rápido São Paulo, Restaurante Lusitano e Cebi Informática, e também do Contribuinte da Cultura FAI – Ufscar/USP São Carlos, Sesc e Destaque Outdoor.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade