Selecione a página

Noé chega às telonas

Cercado por polêmica, “Noé” une história bíblica e espetáculo hollywoodiano

Noé estreia hoje aos cinemas de Araraquara. O longa chega às telonas do mundo todo com a expectativa de quebrar recordes de bilheteria e recuperar o custo de 125 milhões de dólares da produção.
Assim como a passagem do Antigo Testamento, a história apresenta um mundo devastado pelos pecados humanos e, diante disso, Noé recebe uma missão divina: construir uma arca para salvar a criação do dilúvio que se aproxima. Inspirado no Criacionismo, a adaptação do épico bíblico é dirigida por Darren Aronofsky, do premiado Cisne Negro (2010), e traz Russell Crowe na pele do profeta.
O diretor, defensor dos animais e vegetariano há muitos anos, optou por usar todas as imagens digitalizadas em vez de utilizar espécies exóticas de cativeiro para retratar os animais colocados em pares dentro da arca. Graças à quantidade e a complexidade de recriar os personagens em computação gráfica, Noé teria entrado para história com a cena mais desafiadora nos 38 anos de atividade da Industrial Light & Magic – empresa criada por George Lucas e responsável pelos efeitos visuais do longa.
O filme coleciona polêmicas por onde passa, como ter sido banido de alguns países, como Emirados Árabes Unidos, Catar, Bahrein e Indonésia por receios de que atente contra os valores islâmicos, além de instituições cristãs dos Estados Unidos estarem fazendo campanha de boicote contra a produção. No entanto, Noé pode ser apenas o primeiro exemplar da nova onda de produções religiosas em Hollywood desde a década de 1950. Personagens bíblicos como Caim, Moisés, Davi e Golias já estão no radar dos estúdios cinematográficos e podem chegar aos cinemas nos próximos anos.

Últimos Vídeos

Carregando...

Charge

Publicidade

Publicidade

Arquivos

Publicidade